Geral

Órgão federal da Paraíba firma parceria para eficiência energética

Parceria com a Energisa prevê substituição de luminárias e implantação de sistema solar fotovoltaico

Publicado em 16/09/2021 14:58 Atualizado em 16/09/2021 15:30
logo
Por Carlos Rocha
Órgão federal da Paraíba firma parceria para eficiência energética

Órgão federal da Paraíba firma parceria para eficiência energética (Foto: Reprodução)

O Tribunal Regional do Trabalho da Paraíba (13ª Região) firmou, na manhã desta quinta-feira (16), uma parceria com a Energisa Paraíba para receber a ação de eficientização de prédios públicos do Programa de Eficiência Energética da concessionária, regulado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). O TRT-13 é o primeiro prédio público da esfera federal no estado a receber a iniciativa, que prevê a substituição de mais de 280 luminárias e a instalação de painéis fotovoltaicos no prédio da Coordenadoria de Material e Patrimônio (CMP), localizado na Avenida Marechal Deodoro.

Para esta iniciativa, a Energisa investirá R$ 213.530,61. As obras serão iniciadas em fevereiro de 2022 e devem ser finalizadas até abril de 2022. De acordo com a concessionária, o novo sistema, em LED, deve proporcionar uma redução no consumo de energia superior a 69 mil quilowatt-hora por ano (kWh/ano), quantidade suficiente para abastecer 37 residências com consumo mensal de 157 kwh. Além disso, as lâmpadas são mais sustentáveis ao planeta, já que emitem 20.42875 tCO2 no processo de geração de energia, equivalente ao plantio de 146 novas árvores.

O presidente do TRT-13, desembargador Leonardo Trajano, afirmou que este é um marco importante para o Tribunal. “Em um momento em que se busca a utilização cada vez mais eficiente da energia, o Tribunal teve seu projeto selecionado para receber energia limpa. Dessa forma, damos mais um passo importante para a sustentabilidade na instituição”, ressaltou.

O desembargador Wolney de Macedo Cordeiro era o presidente da corte na última gestão, finalizada em 2020, deu o pontapé inicial para a participação do Tribunal no programa da Energisa. Para ele, a concretização da parceria é bastante relevante. “Isso representa a conclusão de um ciclo virtuoso que pode ser continuado e é mais um item de energia limpa e renovável na instituição. Nosso Tribunal já adquiriu eficiência energética bastante acentuada e, com a parceria, será uma instituição pública com padrão energético otimizado no estado”, salientou.

Por sua vez, o diretor-presidente da Energisa na Paraíba, Márcio Zidan, destacou que, diante do atual momento no qual o país passa por dificuldades na geração de energia, o Tribunal dá um exemplo à sociedade no que se refere à eficiência energética. “Isso mostra a importância de economizar e usar equipamentos eficientes, a exemplo de lâmpadas e ar condicionado eficientes. Parabenizo o Tribunal pelo exemplo que está dando à sociedade e pelo foco na sustentabilidade”, declarou.

Também participaram da solenidade de assinatura do termo de convênio na manhã desta quinta-feira o diretor-geral do TRT-13, Alexandre Gondim, e o gerente jurídico na Energisa, Carlos Garcia. Atualmente, o Tribunal possui painéis fotovoltaicos instalados nas Varas do Trabalho de Patos e Sousa, no Fórum de Santa Rita e no prédio do Arquivo das Varas, que fica próximo à Praça da Independência, em João Pessoa.

icon whatsapp
Receba as últimas notícias de João Pessoa em qualquer lugar. Começar icone Play