Polícia

Novos exames são solicitados após laudo não concluir causa da morte de bebê na PB

A possibilidade da vítima ter sido morta por estrangulamento não está descartada.

Publicado em 08/10/2019 11:32 Atualizado em 18/11/2020 10:59
logo
Por Redação Portal T5
Novos exames são solicitados após laudo não concluir causa da morte de bebê na PB

Sede do Instituto de Medicina Legal em João Pessoa
Sede do Instituto de Medicina Legal em João Pessoa Foto: Reprodução / Google Street View

De

acordo com Cristiane Freire, chefe do Núcleo de Medicina e

Odontologia (Numol) de João Pessoa,

os exames

realizados no corpo do bebê de apenas um mês de vida morto em

Itabaiana não concluíram que a causa da morte é consequência de

um estrangulamento. Em função disso, novos exames foram solicitados

pela equipe médica.

O caso foi registrado na noite do último domingo (6). A criança deu entrada – já sem vida – no Hospital Arlinda Marques, em João Pessoa. No pescoço haviam sinais que os médicos suspeitaram de uma

possível esganadura.

Em

entrevista, a mãe da vítima detalhou os últimos momentos da

criança com vida.“Eu dei de mamar, botei pra arrotar e pra dormir.

Botei ele na cama, fui ao banheiro e quando voltei ele já estava

passando mal. Chamei meu pai para ir ao hospital e quando chegou lá

ele estava ficando branco e o coraçãozinho parando. Fomos

transferidos pra cá e ele já chegou morto’.

Ainda

de acordo com Cristiane, não há um prazo para a conclusão do laudo

definitivo. O corpo do bebê foi liberado nesta terça e será

entregue a família para realização do sepultamento.

icon whatsapp
Receba as últimas notícias de João Pessoa em qualquer lugar. Começar icone Play