Brasil

Não tem UTI, amo vcs', escreve comerciante para a filha antes de morrer

Mãe e filha conversaram pela última vez por meio de mensagens no WhatsApp

Publicado em 05/03/2021 13:55 Atualizado em 05/03/2021 15:30
logo
Por Redação Portal T5
Não tem UTI, amo vcs', escreve comerciante para a filha antes de morrer

(Reprodução)

Uma jovem de 23 anos compartilhou no Twitter um print da última mensagem enviada pela mãe antes de morrer em decorrencia de complicações da covid-19. A mensagem, que viralizou na internet, foi de Valéria, de 42 anos, que viveu os últimos dias em meio ao caos da falta de leitos no Rio Grande do Sul. Situação que se reflete em várias regiões do Brasil por causa do aumento de casos de contamição pelo novo coronavírus.

Mãe e filha conversaram pela última vez por meio de mensagens no WhatsApp. A jovem divulgou a conversa horas depois da morte da mãe, na última terça-feira (2). Nas mensagens enviadas pela mãe

"Essa foi a última mensagem que tive da minha mãe (...) Usem máscara, não saiam se não for necessário, por favor", escreveu Giulia na publicação.

A publicação teve grande repercussão na web. Vários internautas escreveram mensagens de solidariedade para a jovem e outros comentaram sobre a situação nas diversas regiões do país.

Em entrevista à BBC News Brasil, Giulia disse que a mãe precisava de um leito de UTI. "Ligamos para hospitais, até do litoral, inclusive particulares, e nada. Havia um leito em um hospital de Santa Maria, mas era a cinco hora de viagem e os médicos avisaram que ela não aguentaria o trajeto".

No Brasil, já são mais de 260 mil mortes pelo novo coronavírus.

De acordo com o último boletim divulgado pela Secretaria de Estado de saúde da Paraíba, no dia 4, o estado já contabiliza 225.672 casos confirmados da doença e 4.612 mortes.


Leia também:

Envie sua sugestão de pauta para o Portal T5. Adicione nosso número no WhatsApp: (83) 9 9142-9330
Siga o Portal T5 no Facebook, Instagram e Twitter!

icon whatsapp
Receba as últimas notícias de João Pessoa em qualquer lugar. Começar