Polícia

Na PB: Após olhar celular de companheiro, mulher é morta por asfixia

A família havia reportado o desaparecimento da vítima na última quarta-feira (27).

Publicado em 30/06/2018 19:12
logo
Por Redação Portal T5
Na PB: Após olhar celular de companheiro, mulher é morta por asfixia

A vítima estava às margens de um rio seco, na zona rural de Patos (foto)
A vítima estava às margens de um rio seco, na zona rural de Patos (foto) Imagem: Reprodução / Google Maps

A

Polícia Civil de Patos, no Sertão paraibano revelou neste sábado

(30) os detalhes de um crime sem precedentes que afetou moradores da

cidade. Foi descoberto nesta sexta-feira (29) que um homem de 26 anos

supostamente matou por asfixia a namorada.

Suposta tentativa de assalto termina com vítima hospitalizada

A

vítima, de 31 anos, além de não resistir às agressões, teve o

corpo enterrado pelo companheiro. A família havia reportado o

desaparecimento à polícia na quarta-feira (27).

O

crime aconteceu na última terça-feira (26) após uma briga

provocada depois que a vítima teria descoberto conversas do namorado

com outras mulheres através de um aplicativo de mensagens.

O

caso é tratado como feminicídio e para o delegado Ronis

Feitosa, o suspeito assumiu a autoria do crime durante o

interrogatório. O corpo foi localizado no leito de um rio, no sítio

Martins, na zona rural de Patos. A área está cerca de 12

quilômetros da área urbana.

A

prisão aconteceu mediante mandado de prisão preventiva expedido

pela comarca de Patos. O suspeito e um tio foram presos. Segundo o

delegado, o parente do suposto assassino auxiliou na ocultação do

corpo.

Leia mais: Policial Militar morre ao tentar evitar assalto no centro de João Pessoa

Planos de saúde são autorizados a cobrar até 40% por procedimento

icon whatsapp
Receba as últimas notícias de João Pessoa em qualquer lugar. Começar icone Play