Geral

MPF abre investigação para exigir segurança na praia da Pipa

Corpos da família foram enterrados nesta quarta (18), por volta das 10h, no cemitério público de Tibau do Sul.

Publicado em 18/11/2020 12:48 Atualizado em 12/12/2020 03:15

Reprodução/Instagram

O Ministério Público Federal abriu, nesta terça-feira (17), investigação para exigir medidas emergenciais para que autoridades possam garantir a segurança de pessoas e mitigar "eventuais novos deslizamentos" nas falésias da praia da Pipa, no Rio Grande do Norte. 

Nesta terça, https://diariodonordeste.verdesmares.com.br/pais/parte-de-falesia-desmorona-e-deixa-mortos-na-praia-de-pipa-no-rio-grande-do-norte-1.3012295três pessoas morreram após serem atingidas por parte de uma falésia que desabou, na praia de Pipa. As vítimas foram identificadas como Hugo Pereira, Stella Souza, mulher dele, e o filho do casal, de 7 meses. Hugo, de 32 anos, era gerente de um hotel no município.

De acordo com o Ministério Público, a procuradoria deve estudar as adoção de medidas emergenciais efetivas para garantir a segurança das pessoas na região conhecida como “Baía dos Golfinhos”.

Em documento enviado ao MPF, a prefeitura de Tibau do Sul convidou o órgão para participar de uma vistoria no trecho, nesta quarta-feira (18), e informou que interditou nove estabelecimentos que ficam nas falésias, ainda na noite de terça-feira. O município ainda informou que fiscais e placas alertam aos banhistas sobre os ricos de deslizamentos em áreas como a que a família estava

Os corpos da família foram enterrados nesta quarta-feira (18), por volta das 10h, no cemitério público de Tibau do Sul.

Leia também:

+ Mister morre em acidente de moto em rodovia no interior da Paraíba

+ Mulher morre e quatro ficam feridos em acidente na PB

+ Homem é esfaqueado enquanto trabalhava no Parque Parahyba

Siga o Instagram Facebook do Portal T5 e fique bem informado!

Adicione o WhatsApp do Portal T5 e receba as notícias em seu celular: (83) 9 9142-9330.

icon whatsapp
Receba as últimas notícias de João Pessoa em qualquer lugar. Começar