Política

Moro é eleito uma das 50 personalidades dos anos 10 pelo Financial Times

Segundo a publicação, o ex-juiz federal foi "ponta de lança de uma investigação de corrupção que balançou o establishment político da América Latina".

Publicado em 24/12/2019 15:15
logo
Por Redação Portal T5

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O ministro da Justiça, Sérgio Moro, foi eleito pelo jornal britânico Financial Times como uma das 50 personalidades que moldaram os anos 2010 ao redor do mundo.

Segundo a publicação, o ex-juiz federal foi "ponta de lança de uma investigação de corrupção que balançou o establishment político da América Latina", citando como desdobramentos a prisão do ex-presidente Lula e o envolvimento de quatro presidentes do Peru.

O jornal lembra que Moro se tornou ministro da Justiça do presidente Jair Bolsonaro (sem partido)), "uma mudança política que lançou dúvida sobre sua independência como juiz, mas que pode prepará-lo para uma corrida presidencial".

Outros atores políticos selecionados pela lista do Financial Times foram chefes de Estado como Emmanuel Macron, Angela Merkel e Vladimir Putin, ex-presidentes como Barack Obama, ativistas como Malala Yousafzai, economistas como Thomas Piketty e o políticos como Nigel Farage, um dos principais defensores do brexit.

Na lista correlata das grandes personalidades da década passada, o jornal incluiu o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

icon whatsapp
Receba as últimas notícias de João Pessoa em qualquer lugar. Começar icone Play