Paraíba

Ministério Público pede suspensão de reajustes de salários de prefeitos e vereadores na PB

O pedido contempla cinco municípios paraibanos

Publicado em 06/01/2021 15:30 Atualizado em 06/01/2021 15:55
logo
Por Carlos Rocha
Ministério Público pede suspensão de reajustes de salários de prefeitos e vereadores na PB

Um pedido foi protocolado pelo Ministério Público de Contas (MPC), junto ao Tribunal de Contas do Estado (TCE), para que aumentos nos salários de prefeitos e vereadores sejam suspensos em cinco município paraibanos. As cidades citadas na representação são Montadas, Alhandra, Sousa, Cajazeiras e Mamanguape. As casas parlamentares dos respectivos municípios aprovaram no final do ano passado os projetos que tratam dos reajustes de salários.

Inspeções especiais para verificar as contas e o emprego da verba pública também foram pedidas na representação. O Ministério Público pede explicações sobre a lei que reajustou os subsídios em 2020.

De acordo com a Lei de Responsabilidade Fiscal, não é permitida a aprovação de reajustes nos 180 dias anteriores ao término dos mandatos. A Lei Complementar 173, aprovada ano passado, também indica a proibição de elevação de salários de servidores públicos até 31 de dezembro de 2020, por conta da pandemia.

Leia também:

Teto de restaurante desaba e deixa duas pessoas feridas, na Paraíba

Cícero Lucena anuncia novos nomes para secretarias executivas

Na PB: mulher é suspeita de pagar R$ 4 para descarte de feto após aborto

Mais de 400 vagas para cursos de pós-graduação são ofertadas na UFPB; confira

icon whatsapp
Receba as últimas notícias de João Pessoa em qualquer lugar. Começar icone Play