Brasil

Mesmo com medidas do Governo, cerca de 3 milhões de pessoas devem perder emprego no Brasil

Sem as medidas de apoio, as demissões podem alcançar 12 milhões de pessoas

Publicado em 02/04/2020 09:22 Atualizado em 26/11/2020 22:15
logo
Por Redação Portal T5
Mesmo com medidas do Governo, cerca de 3 milhões de pessoas devem perder emprego no Brasil

Ainda que o governo implemente o seu Programa Emergencial de Manutenção de Emprego, cerca de 3,2 milhões de trabalhadores devem ser demitidos. Sem as medidas de apoio durante o surto do coronavírus, as demissões podem alcançar 12 milhões de pessoas.

Os benefícios devem atender 24,5 milhões de trabalhadores com carteira assinada. Dessa forma, eles devem ser afetados pelas medidas de redução de jornada, salários e suspensão de contratos.

Segundo o secretário especial de Previdência do Ministério da Economia, Bruno Bianco, o empregador poderá reduzir em 25%, 50% ou 70% a carga horária de trabalho do funcionário. No entanto, o empregado que for afetado pela medida deverá ter estabilidade pelo mesmo período da redução. Logo, se trabalhador e empresa fizerem um acordo para redução de jornada e salário por dois meses, passado esse período, ele deve ser mantido no emprego também por dois meses.

Veja também:

Morre aos 52 anos vocalista da banda 'Fountains of Wayne'

por coronavírus

Nova MP do Governo propõe redução de até 70% dos salários

por 90 dias; entenda

icon whatsapp
Receba as últimas notícias de João Pessoa em qualquer lugar. Começar icone Play