Gente famosa

Mais de 80 perfis falsos de Karoline Calheiros surgem após morte de Gabriel Diniz

A namorada do artista chegou a deixar o seu Perfil Oficial​ inativo, mas voltou a se comunicar com os seguidores nesta sexta-feira (31)

Publicado em 31/05/2019 21:14 Atualizado em 18/11/2020 19:35
logo
Por Redação Portal T5
Mais de 80 perfis falsos de Karoline Calheiros surgem após morte de Gabriel Diniz

Foto: Reprodução/ Instagram

A morte precoce do cantor Gabriel Diniz pegou todos de surpresa, sobretudo sua família que testemunhava o jeito alegre e irreverente de ser do artista. Com o acontecimento a família contou com o apoio de amigos, fãs e pessoas que admiravam o trabalho de GD. No entanto, em meio às mensagens de apoio e a empatia do público, surgem os que querem tirar proveito da situação.

O acontecimento repercutiu em todo o país e, com isso, a namorada do artista foi "clonada" mais de 80 vezes, no Instagram. Karoline Calheiros chegou a deixar o seu Perfil Oficialinativo, mas voltou a se comunicar com seus seguidores nesta sexta-feira (31). 

"Oi meus queridos. Passando para dizer que está tudo bem, estou aos poucos conseguindo assimilar o que aconteceu para prosseguir a vida. Nossa família está reunida em um momento só nosso. Estamos bem, na medida do possível, pois Gabriel não gosta de tristeza", escreveu.

E seguiu: "Estamos sempre em oração e sabendo que Deus está nos confortando nesse momento, ao lado do nosso anjo que agora nos olha lá de cima. Obrigada por tantas mensagens de carinho e tanto apoio. Fiquem bem também. Em breve nos falamos melhor. Amo vocês".

A ausência da psicóloga na rede social e a repercussão da tragédia, levaram algumas pessoas a criarem perfis fake, chegando até a republicar postagens de Karoline. São mais de 80 perfis que utilizam a imagem da psicologa e do cantor.

Se passar por outra pessoa na internet é crime de Falsidade Ideológica e o usuário pode pegar até cinco anos de reclusão, mesmo que não haja o intuito de prejudicar quem teve o nome utilizado. Além disso, o perfil criado com a finalidade de obter vantagem ilícita, pode ser enquadrado no crime de estelionato, com o mesmo tempo de pena.

icon whatsapp
Receba as últimas notícias de João Pessoa em qualquer lugar. Começar icone Play