Paraíba

Mais de 40 mil paraibanos estão à espera da 2ª dose da CoronaVac

Escassez de doses enviadas pelo Ministério da Saúde dificulta logística de vacinação

Publicado em 22/04/2021 06:55 Atualizado em 22/04/2021 13:13
logo
Por Dennison Vasconcelos
Mais de 40 mil paraibanos estão à espera da 2ª dose da CoronaVac

(Foto: Arquivo/ Divulgação/ SES-PB)

Mais de 40 mil paraibanos já completaram o período que permite a aplicação da segunda dose da CoronaVac, porém, nesta quinta-feira (22) a campanha continua suspensa em João Pessoa e em Campina Grande, para esse público. A escassez de doses enviadas pelo Ministério da Saúde dificulta logística e deixa idosos à espera de completar a imunização. (Veja no fim da matéria a história de uma idosa que espera a segunda dose da vacina exibida pela TV Tambaú)

De acordo com a Secretaria de Estado da Saúde (SES), novas doses devem chegar à Paraíba ainda nesta quinta-feira, no entanto, do carregamento de 59.300 doses de vacinas, apenas 11 mil são da CoronaVac.

Desde o início da campanha, no dia 19 de janeiro, 789.240 vacinas foram aplicadas na Paraíba. Do total, 585.283 receberam a primeira dose do imunizantes e 204.002 pessoas estão com a imunização completa. 

O intervalo entre a primeira e segunda aplicação é de 21 a 28 dias, segundo a última atualização do Instituto Butantan. Por e-mail, o fabricante disse que "o esquema vacinal é de responsabilidade dos gestores e já distribuiu ao Programa Nacional de Imunizações do Ministério da Saúde 41,4 milhões de doses da vacina contra a Covid-19".

O primeiro contrato firmado entre o Butantan e o Ministério da Saúde foi de 46 milhões de doses.

Por que atraso na fabricação?

Houve atraso do laboratório chinês Sinovac, de Pequim, para o envio de 3 mil litros de insumo farmacêutico ativo (IFA), necessário para fabricação de mais 5 milhões de doses da vacina contra a Covid-19. O Instituto Butantan recebeu o material na última segunda-feira (19).

Decisão da Justiça

Após pedido dos Ministérios Públicos Federal (MPF) e da Paraíba (MPPB), a Justiça Federal determinou que os próximos lotes da vacina CoronaVac sejam destinados à Paraíba para a aplicação da segunda dose. Os Ministérios cobravam medidas imediatas para que a população fosse vacinada contra a covid-19 dentro dos prazos. 


icon whatsapp
Receba as últimas notícias de João Pessoa em qualquer lugar. Começar icone Play