Brasil

Lula é denunciado pela Lava Jato por receber propina de R$ 1 milhão da Guiné Equatorial

O suposto dinheiro teria sido recebido em forma de doação ao Instituto Lula, entre 2011 e 2012

Publicado em 26/11/2018 13:47 Atualizado em 26/11/2020 03:15
logo
Por Redação Portal T5
Lula é denunciado pela Lava Jato por receber propina de R$ 1 milhão da Guiné Equatorial

O presidente da Guiné Equatorial, Teodoro Obiang, e o ex-presidente Lula
O presidente da Guiné Equatorial, Teodoro Obiang, e o ex-presidente Lula Foto: Divulgação

O

ex-presidente Lula foi denunciado nesta segunda-feira (26) pela Força

Tarefa da Operação Lava Jato, em São Paulo, por ter recebido uma

suposta propina de R$ 1 milhão por intermediar negócios com o

governo da Guiné Equatorial, país que fica na região ocidental da

África.

De

acordo com o Ministério Público Federal, Luiz Inácio Lula da Silva

teria recebido o dinheiro através do Instituto Lula, disfarçado de

doação, ao tentar viabilizar a abertura de uma empresa do grupo

brasileiro ARG no país africano, entre setembro de 2011 e junho de

2012.

Conforme

comunicou a assessoria do Instituto Lula, todas as doações

recebidas na época são “são

legais, declaradas, registradas e

pagaram

os impostos devidos”, além

de terem sido “usadas

nas atividades fim do Instituto e nunca tiveram nenhum tipo de

contrapartida”.

Lula

foi presidente do Brasil entre 2003 e 2010, e está preso desde abril

desse ano na Superintendência da Polícia Federal, em Curitiba, após

ter sido condenado em segunda instância a 12 anos e um mês de

prisão no caso do Triplex do Guarujá, também na Operação Lava

Jato.

Leia também:

Quatro pessoas morrem em queda de avião em Minas Gerais

Quase 8 milhões de brasileiros foram vítimas de algum tipo de fraude nos últimos 12 meses

icon whatsapp
Receba as últimas notícias de João Pessoa em qualquer lugar. Começar icone Play