Paraíba

Laudos revelam que empresária agiu com 'requintes de crueldade' ao matar marido, em Sapé

O crime foi registrado no último dia 10, em uma fazenda, na zona rural da cidade.

Publicado em 18/04/2020 08:17 Atualizado em 26/11/2020 21:34
logo
Por Redação Portal T5
Laudos revelam que empresária agiu com 'requintes de crueldade' ao matar marido, em Sapé

Foto: Reprodução / Internet

Segundo

o advogado da família de Helton Pessoa, morto em Sapé no último fim de semana,laudos sobre o crime apontam que a empresária

suspeita de matar o marido "agiu com requintes de crueldade".

Empresária suspeita de matar o marido em fazenda na Paraíba é presa

O crime foi registrado no último dia 10, em uma fazenda,a zona rural da cidade.Conforme a

divulgação dos documentos – que apontam que a vítima foi morta com

vários disparos – o advogado Daniel Alisson informou que indícios apontam que “Helton foi subjugado e friamente executado

por sua esposa, sendo vítima de um disparo na cabeça próximo a

orelha direita e outros três disparos na região dos membros

inferiores, sofrendo ao todo quatro disparos de arma de fogo, não

resistindo aos ferimentos e morrendo no local sem atendimento

médico”.

Os

disparos teriam sido efetuados de longa distância. “Quando a

vítima se encontrava tomando banho e não há vestígio nas unhas,

mãos e em nenhuma parte do corpo de Helton, o que põem abaixo a

versão da empresária de que teria agido em legítima defesa”,

informou.

“Além

disso, o exame de corpo de delito feito na empresária revela,

apenas, lesões leves, que podem ser fruto de várias situações

distintas, inclusive autoinfligidas, desmentindo a narrativa de que

ela havia sido vítima de violência e fortemente agredida".

"Apesar

da barbaridade do caso a empresária Taciana Ribeiro segue cumprindo

prisão domiciliar”, completa.

Empresária acusada de matar marido teria problemas com bebida, diz advogado da família da vítima

icon whatsapp
Receba as últimas notícias de João Pessoa em qualquer lugar. Começar icone Play