Polícia

Justiça torna réu suspeito de matar radialista em Campina Grande, na PB

Crime aconteceu no dia 30 de maio dentro de um restaurante na cidade

Publicado em 20/06/2019 22:26 Atualizado em 18/11/2020 18:44
logo
Por Redação Portal T5
Justiça torna réu suspeito de matar radialista em Campina Grande, na PB

Vítima assassinada a tiros, o radialista Joacir Oliveira
Vítima assassinada a tiros, o radialista Joacir Oliveira Foto: Reprodução/ Instagram

O homem suspeito de matar o radialista Joacir Oliveira Filho, de 35 anos, em Campina Grande, se tornou réu no processo. Ele foi denunciado pelo Ministério Público da Paraíba como o autor do crime que aconteceu no dia 30 de maio dentro de um restaurante. 

A decisão é do juiz Bartolomeu Correia Lima, da 1ª Vara do Tribunal do Júri da Comarca de Campina Grande. Ele reconheceu as provas da materialidade do crime e os indícios da autoria por parte do suspeito. 

Em liberdade, suspeito de matar esposa na PB recebe pensão e luta pelos bens, diz família

De acordo com o decreto, o motorista do suposto assassino também se tornou réu porque aparece em imagens dentro do restaurante ajudando o homem a sair do local. 

Os advogados dos réus têm, a partir da decisão, 10 dias para apresentar defesa preliminar por escrito. 

+Homens são presos por prática de violência doméstica e assalto no Sertão da PB

Depois que o Ministério Público for convocado para questões sobre os novos documentos apresentados, as audiências de instrução serão iniciadas. 

Após ser atingido por um tiro no peito, Joacir Oliveira chegou a ser socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para o Hospital de Trauma do município, mas não resistiu aos ferimentos. 

icon whatsapp
Receba as últimas notícias de João Pessoa em qualquer lugar. Começar icone Play