Brasil

Jovem condenada por matar ex durante sexo vai para semiaberto

O crime aconteceu em 2015 e a acusada tinha 18 anos na época

Publicado em 23/09/2021 16:12 Atualizado em 23/09/2021 16:31
logo
Por Carlos Rocha
Jovem condenada por matar ex durante sexo vai para semiaberto

Jovem condenada por matar ex durante sexo vai para semiaberto (Foto: Reprodução)

A Justiça de Rondônia concedeu uma progressão de pena de regime semiaberto para a vendedora Vânia Basílio Rocha. Ela foi condenada a 13 anos de prisão por matar o namorado a facadas. O crime aconteceu em 2015 durante o ato sexual do casal, a acusada tinha 18 anos na época.

Com a autorização da Justiça, Vânia passou a usar tornozeleira eletrônica e está sob a tutela da mãe. O documento judicial não indica se a acusada terá autorização para fazer cursos ou trabalhar fora do presídio.

A determinação diz que a jovem não tinha faltas disciplinares ou incidentes pendentes na execução do regime fechado, sendo um "indicativo de que possui bom comportamento carcerário e de que atende ao requisito subjetivo para ser progredida ao regime semiaberto".

Na época do crime, Vânia chegou a confessar ter matado Marcos Catanio Porto e afirmou: "Queria matar alguém. Não me arrependo. Fiquei olhando olho no olho até ele morrer". Um laudo feito meses depois da prisão apontou que Vânia seria sociopata.

Em júri, em setembro de 2016, ela foi condenada aos 13 anos de prisão. Em setembro de 2017, a jovem foi agredida por uma detenta e chegou a sair para registrar boletim de ocorrência.

Em 2019, Vânia conseguiu outra autorização judicial: desta vez para casar. A cerimônia foi realizada no cartório de Vilhena e o "sim" para o noivo, também presidiário na época.

icon whatsapp
Receba as últimas notícias de João Pessoa em qualquer lugar. Começar icone Play