Polícia

Investigações da PF no domingo podem levar a novas prisões, diz superintendente

Operações que foram realizadas no dia de ontem vão subsidiar investigações complementares, afirmou o superintendente da Polícia Federal.

Publicado em 16/11/2020 15:33 Atualizado em 12/12/2020 03:32
logo
Por Redação Portal T5
Investigações da PF no domingo podem levar a novas prisões, diz superintendente

Reprodução/TV Tambaú

A Polícia Federal registrou 27 ocorrências de crimes eleitorais durante o primeiro turno das eleições municipais na Paraíba. Durante a apresentação do balanço, divulgado nesta segunda-feira (16), o superintendente da PF na Paraíba, delegado Gustavo Sousa, afirmou que o órgão vai continuar a fiscalização no estado com a possibilidade de prisões a partir das investigações realizadas no domingo.

"Nós dispomos o efetivo nas três cidades que temos base: João Pessoa, Campina Grande e Patos, abrangindo também cidades das circunvizinhanças. Empregamos ainda pessoal em mais seis zonas eleitorais, cada uma delas a congregar vários municípios. Então, a Polícia Federal dispôs todo o seu efetivo à disposição da Justiça Eleitoral de modo que a gente pudesse atender a todos os chamados. Essas operações que foram realizadas e os procedimentos realizados no dia de ontem ainda vão subsidiar investigações complementares", afirmou Gustavo.

No primeiro turno, além da distribuição de termos circunstanciados de ocorrência em Santa Rita, Bayeux, Lucena, Patos e Cajazeiras, a PF abriu um inquérito para apurar crimes eleitorais e realizou o cumprimento de mandato de busca e apreensão na cidade de Areial para investigar compra de voto e distribuição de material e propaganda.

icon whatsapp
Receba as últimas notícias de João Pessoa em qualquer lugar. Começar icone Play