Paraíba

Intubada há 20 dias, jovem acorda um dia antes do aniversário com festa na PB

A jovem é natural da cidade de Triunfo, na Paraíba, e deu entrada na Frei Damião no dia 25 de maio, procedente do Hospital Regional de Cajazeiras, onde recebeu os primeiros atendimentos

Publicado em 18/06/2021 18:45 Atualizado em 18/06/2021 18:45
logo
Por Carlos Rocha
Intubada há 20 dias, jovem acorda um dia antes do aniversário com festa na PB

Intubada há 20 dias, jovem acorda um dia antes do aniversário com festa na PB (Foto: Divulgação/ Secom PB)

Intubada há 20 dias por causa da Covid-19, na maternidade Frei Damião, em João Pessoa, a jovem Lorhana Lisboa Ribeiro acordou na noite dessa quinta-feira (17) e nesta sexta-feira (18), quando está completando 26 anos, foi recebida com música. A jovem é natural da cidade de Triunfo, na Paraíba, e deu entrada na Frei Damião no dia 25 de maio, procedente do Hospital Regional de Cajazeiras, onde recebeu os primeiros atendimentos. 

A homenagem foi organizada pela diretora técnica da maternidade, Andréa Correia. Depois de cantar os parabéns, ao som violão tocado pela obstetra Ceres Bandeira, a jovem também ouviu uma das músicas que ela cantou numa live antes de adoecer: Tá chorando por quê?,  –  banda Preto No Branco – , emocionando a todos que estavam na UTI, inclusive a própria Lorhana, que não conseguiu conter as lágrimas e por várias vezes tentou cantar.

“Para aqueles que têm fé, isso aqui representa um presente de Deus em nossas vidas. Ele levantou a minha filha e lhe deu mais uma chance de vida. E só tenho que dizer: obrigada meu Deus por mais essa benção em nossas vidas”, disse a gerente de Recursos Humanos Lia Lisboa Leal, mãe de Lorhana e que não conseguiu controlar a emoção e a todo tempo ficou segurada na mão da filha, enquanto as músicas eram tocadas e cantadas.

A diretora geral da maternidade Frei Damião, Selda Gomes, afirmou que uma cena como essa representa a vitória da vida “e nos mostrar que não podemos, jamais, perder as esperanças de que tudo isso vai passar e nós poderemos ter uma vida normal”, completou.

“Para nós que fazemos saúde pública e cremos na existência de um ser supremo que nos governa e tudo pode, isso que estamos presenciando aqui é a força e o poder de Deus em nossas vidas e para aqueles que creem isso é benção, é graça, é vitória. Então o momento é de alegria, mas também de agradecimento “, disse Andrea Correia. 

A obstetra Ceres Bandeira, que sempre está prestigiando com seu talento ao violão, enfatizou que poder vivenciar momentos como esse enche os corações de alegria e dá fôlego para seguir adiante na luta em prol da vida e tendo a oportunidade de vivenciar o retorno dessas mães ao aconchego dos seus lares.

Leia também:

João Pessoa vacina pessoas acima de 48 anos neste sábado (19)

Ex-companheira e irmã são presas suspeitas de assassinato de ex-vice-prefeito na PB

Bolsonaro fará visita à Paraíba na próxima semana, diz ministro

Preço da gasolina aumentou em 78 postos de João Pessoa

icon whatsapp
Receba as últimas notícias de João Pessoa em qualquer lugar. Começar icone Play