Geral

Homens que foram contaminados pelo Covid-19 podem ter fertilidade reduzida, aponta estudo

A análise foi realizada com 189 homens (84 homens com Covid-19 e 105 saudáveis) ​​da mesma idade

Publicado em 01/02/2021 14:18 Atualizado em 01/02/2021 16:01
logo
Por Redação Portal T5
Homens que foram contaminados pelo Covid-19 podem ter fertilidade reduzida, aponta estudo

(Foto: Divulgação/Governo Federal/Banco de Imagens)

A revista científica Reproduction divulgou na última sexta-feira (29) um estudo que aponta que a fertilidade de homens que contraíram o Covid-19 pode ser reduzida. De acordo com a pesquisa, a contaminação pelo novo coronavírus pode causar aumento da morte, inflamação e estresse oxidativo dos espermatozoides.

A estudo foi liderado por Behzad Hajizadeh Maleki, juntamento com pesquisadores da universidade alemã de Justus-Liebig. A análise foi realizada com 189 homens (84 homens com Covid-19 e 105 saudáveis) ​​da mesma idade. O estudo foi dividido em 6 etapas com intervalos de 10 dias entre cada uma.

De acordo com a pesquisa, nos homens com Covid-19 os marcadores de inflamação e estresse oxidativo nas células espermáticas aumentaram em mais de 100% quando comparados aos controles saudáveis ​​da mesma idade.

Além disso, o estudo também concluiu que para os homens que contraíram a Covid-19, a concentração de espermatozoides foi reduzida em 516. A mobilidade também foi reduzida em 209% e a forma da célula do esperma foi alterada em 400%.

Segundo o líder da pesquisa, “os resultados deste estudo sugerem também que o sistema reprodutor masculino deve ser considerado uma via vulnerável de infecção pela Covid-19 e deve ser declarado um órgão de alto risco pela Organização Mundial de Saúde”, explicou.

Veja também:

  • Envie sua mensagem para o Portal T5. Adicione nosso número no WhatsApp: (83) 9 9142-9330

  • Siga o Portal T5 no Facebook, Instagram e Twitter!

icon whatsapp
Receba as últimas notícias de João Pessoa em qualquer lugar. Começar icone Play