Brasil

Homem morre ao beber veneno achando que era vodca

Substância estava guardado dentro da geladeira

Publicado em 19/02/2018 20:22 Atualizado em 26/11/2020 13:38
logo
Por Redação Portal T5
Homem morre ao beber veneno achando que era vodca

Um homem morreu neste domingo (18) após beber um veneno que era armazenado em uma garrafa de vodca na geladeira da casa onde morava com a irmã e com o cunhado, em São Vicente, no litoral paulista. Ele chegou a ser socorrido e levado ao hospital, mas não resistiu. A Polícia Civil vai investigar o caso.

 O cunhado da vítima disse à polícia que usava benzina para matar cupins. O produto é uma espécie de solvente usado como veneno contra pragas urbanas.

Ainda de acordo com o cunhado, segundo informações obtidas pelo G1, a benzina foi aplicada neste fim de semana e guardada na geladeira na sequência, dentro de uma garrafa de vodca que estava vazia. O homem disse também que o cunhado era alcoólatra e foi abrigado pelo casal depois de passar um período morando na rua.

O cunhado contou que estava dormindo quando foi acordado pela vítima, identificada como Marco Antônio Santos, que passava mal após beber todo o líquido que estava na garrafa.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado e levou Marco ao Hospital de São Vicente. Foi feita uma lavagem no estômago da vítima e ela foi liberada, pois os exames não acusaram irregularidades.

Horas mais tarde, em casa, Marco começou a vomitar. A irmã dele e o cunhado acionaram novamente uma ambulância, que o levou ao mesmo hospital. Ao dar entrada na emergência, ele teve uma parada cardiorrespiratória e morreu.

O caso foi registrado como morte suspeita. O corpo de Marco foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) de Santos, onde será submetido a exames. O cunhado da vítima foi enquadrado como testemunha.

icon whatsapp
Receba as últimas notícias de João Pessoa em qualquer lugar. Começar icone Play