Brasil

Homem é preso ao manter funcionária refém no Aeroporto de Guarulhos, em SP

Ele havia saído da prisão na semana passada, após cumprir pena por roubo

Publicado em 14/01/2019 Atualizado em 26/11/2020

Um

homem foi preso em flagrante após manter uma funcionária da

Agência

Nacional de Aviação Civil (ANAC) refém por três horas dentro

do escritório do órgão

no Aeroporto de Guarulhos, em São Paulo, na noite deste domingo

(13), por volta das 22h30 (horário de Brasília).

Leandro

Evangelista Ferreira de Souza tem 31 anos e

deixou a prisão há apenas uma semana, depois de cumprir pena por

roubo. Ele fez a mulher refém com uma faca e a liberou somente após

uma longa negociação com a polícia.

Segundo

policiais, o rapaz chegou a pedir para falar com a própria família,

que está na Bahia, enquanto tentava ser convencido de se entregar.

Os familiares informaram que Leandro sofre de síndrome do pânico.

“Ele

apresentou muita alteração, estava muito bravo, estava se sentindo

perseguido, né. Estava com medo de morrer, mas com o passar da

negociação ele conversou com familiares e foi se acalmando até se

entregar”, disse o capitão da Polícia Militar Martins Marques.

Leandro

Evangelista agora deve responder criminalmente por tentativa de

homicídio de cárcere privado.

Leia também:

Homens são encontrados mortos em praia de Lucena, na PB

Corpo de mulher que estava desaparecida após explosão em Paris é encontrado

icon whatsapp
Receba as últimas notícias de João Pessoa em qualquer lugar. Começar