Paraíba

GPTW premia as melhores empresas para trabalhar na PB

Terceira edição do evento realizado pela ABRH-PB, RTC e GPTW

Publicado em 26/01/2021 07:10 Atualizado em 15/02/2021 13:00
logo
Por Redação Portal T5
GPTW premia as melhores empresas para trabalhar na PB

(Foto: Divulgação )

A Associação Brasileira de Recursos Humanos (ABRH-PB) e a Rede Tambaú de Comunicação (RTC), em parceria com o Great Place to Work (GPTW), elegeram as melhores empresas para trabalhar na Paraíba. A terceira edição do evento comtemplou as instituições onde há excelência no que se refere a gestão. 

A premiação contou com 24 inscritos e por questões de segurança, não haverá entrega física por meio de cerimônia. O perfil dos vencedores será apresentado em um programa especial na TV Tambaú. A atração vai ao ar no dia 6 de fevereiro, a partir das 19h20.

Confira as cinco melhores empresas para trabalhar na Paraíba:

1 - Sicoob Central NE
2 - Embracon Paraíba
3 - Grupo Elfa
4 - Digna
5 - Afrafep Saúde

Para André Vajas, superintendente da RTC, é importante valorizar as boas ações, mesmo em um período de caos social provocado pela pandemia da Covid-19. “Independentemente da situação e nesse ambiente de pandemia e catástrofe social, na maior crise sanitária que o Brasil certamente viveu e vive ainda, as empresas continuaram desenvolvendo atividades buscando manter o clima organizacional saudável e desafiador para os colaboradores. Para nós que fazemos a RTC é uma felicidade poder dar visibilidade à essas empresas que conseguem, mesmo com esse contexto, desenvolver suas atividades nesse bom ambiente de trabalhar.”, afirmou.

Haline Aquino, diretora Regional do GPTW, destacou o diferencial das empresas vencedoras, mesmo no cenário da pandemia. “As cinco premiadas mostraram que, mesmo no ano de crise, mesmo perante as dificuldades, é possível, sim, ter um excelente ambiente de trabalho e que é possível estabelecer relações de confiança muito forte, muito consolidada. E é isso que as diferencia das demais”, disse.

“Essa premiação vem para que as empresas possam participar do ranking, não apenas como uma mera situação de competitividade, mas que elas possam ver como oportunidade de crescimento, de melhorias, de comparar os seus processos com outras grandes empresas, e assim conseguirem melhorar sua relação com seus colaboradores”, acrescentou Patrícia Queiroz, vice-presidente da ABRH-PB.

icon whatsapp
Receba as últimas notícias de João Pessoa em qualquer lugar. Começar icone Play