Paraíba

Governo suspende serviços em repartições públicas da PB

Além disso, escolas e instituições privadas dos ensinos superior e médio devem adotar o ensino remoto nos próximos 15 dias.

Publicado em 02/06/2021 10:13 Atualizado em 02/06/2021 12:18
logo
Por Redação Portal T5
Palácio da Redenção

Palácio da Redenção (Imagem: Reprodução)

Conforme novo decreto publicado pelo governo da Paraíba, estão suspensas as atividades presenciais nos órgãos e entidades vinculadas ao Poder Executivo Estadual. A ação não se aplica às Secretarias de Saúde, Segurança e Defesa Social, Administração Penitenciária, Desenvolvimento Humano, Fazenda, Secretaria de Comunicação, Secretaria da Mulher e da Diversidade Humana, Cagepa, Fundac, Detran, Codata, Docas e PBGÁS. Também não vale àquelas atividades que não podem ser executadas de forma remota (home office). Nestes casos, a definição ficará a cargo dos secretários e gestores dos órgãos estaduais.

A determinação estende-se entre os dias 3 e 18 de junho. Há também a continuidade da suspensão das aulas presenciais nas escolas e instituições privadas dos ensinos superior e médio. Estes serviços devem funcionar exclusivamente através do sistema remoto.

Novo decreto reduz horário de funcionamento de estabelecimentos na PB

Instituições privadas dos ensinos infantil e fundamental poderão funcionar através do sistema híbrido, respeitando o limite da capacidade (30%) estabelecido no decreto.

Também seguem autorizadas a funcionar escolas e instituições privadas dos ensinos infantil e fundamental voltadas às atividades presenciais para os alunos com transtorno do espectro autista – TEA e pessoas com deficiência.

Cultos e missas estão permitidos, mas com restrições nos finais de semana

O documento também determina a obrigatoriedade do uso de máscaras, sendo elas artesanais ou não. Os municípios poderão adotar medidas mais restritivas de acordo com a realidade local.

icon whatsapp
Receba as últimas notícias de João Pessoa em qualquer lugar. Começar icone Play