Brasil

Governo estuda manter auxílio emergencial até março de 2021; entenda

A medida teria que ser votada novamente no Congresso

Publicado em 10/08/2020 08:57 Atualizado em 26/11/2020 08:30
logo
Por Redação Portal T5

O auxílio emergencial pode ser prorrogado até março de 2021. A ideia está sendo analisada pela ala política do governo, mas prevê uma redução no valor, que de R$600, passaria a ser R$200 ou R$300. 

A medida é defendida pela ala política do governo, mas o Ministério de Economia tem ressalvas quanto ao projeto, que também precisa ser votado pelo Congresso.

+ Veja quem recebe o Saque Emergencial FGTS nesta segunda-feira (10)

Apesar da indefinição sobre futuro do auxílio, o governo avalia qual será o impacto da extinção do benefício na popularidade do presidente Jair Bolsonaro e estuda possibilidades para o auxílio.

Para manter o benefício até março, o estado de calamidade, definido em decreto, precisaria ser renovado em votação na Câmara dos Deputados e no Senado. O decreto atual vale até dezembro.  

+ Concurso

com salários de até 8 mil encerra inscrições nesta segunda (10), na PB

Projeto de Bolsonaro, a ‘Renda Brasil’ terá atraso devido a extensão do auxílio emergencial. A proposta deve unificar o Bolsa-Família, o salário-família, o abono salarial e o seguro-defeso. 

icon whatsapp
Receba as últimas notícias de João Pessoa em qualquer lugar. Começar icone Play