Política

Governadores do Nordeste dizem que não permitirão atos irresponsáveis em setembro

Na ocasião, os representantes dos governos estaduais elaboraram uma carta em que defendem "atitude firme em defesa da legalidade e da paz".

Publicado em 25/08/2021 14:56 Atualizado em 25/08/2021 18:38
logo
Por Redação Portal T5
O documento traz a posição dos governadores do Nordeste

O documento traz a posição dos governadores do Nordeste (Imagem: Divulgação/Governo da Paraíba)

O governador João Azevêdo (Cidadania) participou de reunião do Consórcio Nordeste, nesta quarta-feira (25), na cidade de Natal, no Rio Grande do Norte. Na ocasião, os representantes dos governos estaduais elaboraram uma carta em que defendem "atitude firme em defesa da legalidade e da paz". 

O documento traz a posição dos governadores do Nordeste em relação aos atos que estão sendo organizados por apoiadores do presidente Jair Bolsonaro e que devem acontecer no feriado do dia 7 de setembro. (Leia a carta na íntegra no final da matéria)

"Reafirmamos que as instituições estaduais cumprirão a missão de proteger a ordem pública e, por isso mesmo, não participarão de qualquer ação que esteja fora da Constituição", diz um trecho da carta assinada pelos gestores.

Na ocasião, também foi discutida a venda da participação da Petrobras nas distribuidoras de gás dos estados nordestinos. João Azevêdo afirmou que a Paraíba vai exercer a preferência de aquisição das ações pertencentes a Petrobras com a venda da Gaspetro. Isso porque a Companhia Paraibana de Gás (PBGás) possui como acionistas o Governo da Paraíba, a Mitsui Gás e a Gaspetro.

“No nosso caso, a intenção é de exercer a preferência de aquisição dessas cotas e fortalecer a Companhia para que ela continue prestando os serviços, ampliando os investimentos. Nós temos projetos de expansão e queremos colocá-slo em prática para exercer um melhor o trabalho na PBGás”, comentou o gestor.

Leia a íntegra da carta:

"Os governadores do Nordeste, reunidos em Natal (RN) nesta data, conclamam a sociedade e as instituições a uma atitude firme em defesa da legalidade e da paz. Somente assim o Brasil terá condições de combater a inflação, o desemprego e a pobreza, que crescem nos lares das famílias da nossa Nação.

Reafirmamos que as instituições estaduais cumprirão a missão de proteger a ordem pública e, por isso mesmo, não participarão de qualquer ação que esteja fora da Constituição.

Não permitiremos que atos irresponsáveis tumultuem o Brasil.

Wellington Dias
Governador do Piauí

Renan Filho
Governador de Alagoas

Rui Costa
Governador da Bahia

Camilo Santana
Governador do Ceará

Flávio Dino
Governador do Maranhão

João Azevedo
Governador da Paraíba

Luciana Santos
Vice-Governadora de Pernambuco

Fátima Bezerra
Governadora do Rio Grande do Norte

Eliane Aquino
Vice-Governadora de Sergipe"

icon whatsapp
Receba as últimas notícias de João Pessoa em qualquer lugar. Começar icone Play