Paraíba

Gerson confiante: “Não podemos pensar em outro resultado que não seja a vitória”

O Botafogo enfrenta, neste domingo (19), ás 20h, em João Pessoa, a Jacuipense, que luta contra o rebaixamento.

Publicado em 19/09/2021 13:46 Atualizado em 19/09/2021 14:04
logo
Por Redação Portal T5
Gerson Gusmão, técnico do Botafogo-PB

Gerson Gusmão, técnico do Botafogo-PB (Foto: Ascom/Botafogo-PB)

O Botafogo-PB entra em campo neste domingo (19), ás 20h, no estádio Almeidão, em João Pessoa, para tentar acabar com o jejum de quatro partidas sem vencer no Campeonato Brasileiro da Série C e, de quebra, encaminhar a classificação para a próxima fase da competição nacional. O duelo é contra a Jacuipense, que é penúltimo colocado do grupo e luta contra o rebaixamento.

O técnico Gerson Gusmão, durante entrevista coletiva, admitiu que o jejum de vitórias preocupa, mas ele confia na evolução que a equipe demonstrou na última rodada, quando o Belo empatou fora de casa com o então líder Manaus. O comandante ainda disse que o aspecto psicológico também é importante nesse momento, e por isso trabalha para tirar o peso dos ombros dos atletas.

 “Tenho certeza que estamos mais próximos da vitória do que há duas três rodadas atrás. É passar essa importância para os atletas, que já são sabedores disso, da necessidade do resultado positivo, mas também sem levar uma carga a mais, para que eles possam estar tranqüilos e aptos para dar o seu melhor e buscar o resultado.

Outra preocupação é para que o time não cometa os mesmos erros de partidas passadas, quando o Belo deixou a vitória escapar nos últimos minutos contra o Volta Redonda e Tombense. “Faltou atenção, faltou um pouquinho mais de malandragem na parte final do jogo para a nossa equipe – isso já foi cobrado aos atletas, já foi mostrado pra eles através dos vídeos. Então, em momentos do jogo você tem que ser inteligente, usar da experiência e da rodagem dos atletas, para proporcionar o menos possível de perigo”, explicou.

Provável escalação: O Botafogo deve entra em campo com Lucas, Sávio, Daniel Felipe, Willian Machado, Tsunami; Tinga, Pablo, Clayton; Juba (Juninho), Welton e Éderson. Técnico: Gerson Gusmão.

Arbitragem:

Rafael Martins Diniz apita o jogo, auxiliado por Kleber Alves Ribeiro e Lucas Torquarto Guerra, todos do Distrito Federal. O quarto árbitro é o paraibano Tiago Ramos.

Veja mais: 


icon whatsapp
Receba as últimas notícias de João Pessoa em qualquer lugar. Começar icone Play