Paraíba

Equipes se mobilizam para resgatar criança vítima de afogamento no Litoral Sul da PB

A ação contou com a participação do SAMU, PM, Bombeiros e Grupamento Tático Aereo

Publicado em 30/08/2020 20:00 Atualizado em 25/11/2020 19:32
logo
Por Redação Portal T5
Equipes se mobilizam para resgatar criança vítima de afogamento no Litoral Sul da PB

Foto: Verinho Paparazzo/ RTC

Equipes de resgate se mobilizaram, na tarde deste domingo (30), para resgatar uma criança vítima de afogamento na praia de Gramame, Litoral Sul da Paraíba. A ação contou com a participação do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), Polícia Militar (PM), Corpo de Bombeiros e Grupamento Tático Aéreo (GTA).

De acordo com o capitão Batista, comandante de operações aéreas do GTA, a criança tem 10 anos de idade e a mobilização contribuiu para que ela fosse estabilizada e então socorrida.

Atentado a tiros deixa três mulheres e um homem feridos em João Pessoa

"Uma criança de 10 anos de idade estava em afogamento grau 4, que é quando o paciente está evoluindo negativamente e o corpo está fazendo a proteção, ou seja, a pulsação do sangue para oxigenação do corpo está na região central do corpo para a preservação dos órgãos vitais. Nesse momento o corpo não consegue pegar pulsação nas regiões periféricas, quando isso acontece nós chamamos de grau 4", esclarece.

O capitão destacou que a ação integrada foi fundamental para a estabilização, pois, após o grau 4, a paciente poderia entrar em parada respiratória e cardíaca. A celeridade no resgate foi fundamental para a estabilização.

Após 16 anos, veja como está a "sósia mirim" de Ana Paula Arósio

"Após o grau 4, nós chamamos de grau 5, que é uma parada respiratória, após isso é uma parada cardíaca. Ela se manteve no grau 4, veio estabilizada, só um pouco agitada, foi feita a oxigenoterapia pela equipe do SAMU, uma equipe avançada, com uma médica e um enfermeiro, e assim a paciente chegou ao hospital bem. O estado de saúde dela é estável e já está na área vermelha sendo tratada pelos médicos. Há uma evolução boa de prognóstico", relatou.

O comandante do GTA disse ainda que o resgate por ar foi fundamental.

"Se fosse por terra levaria provavelmente mais de 30 minutos, nós levamos 5 minutos para chegar até o hospital de emergência e trauma de João Pessoa. Isso faz uma diferença enorme para o paciente", finalizou.

Justiça suspende interdição do Ortotrauma de Mangabeira e unidade será reaberta

Regina Duarte quebra três dentes após sofrer queda ao usar celular

Leia também: Pedido de namoro é interrompido pela GCM durante festa clandestina em João Pessoa

Siga o Instagram Facebook do Portal T5 e fique bem informado!

Adicione o WhatsApp do Portal T5: (83) 9 9142-9330.

icon whatsapp
Receba as últimas notícias de João Pessoa em qualquer lugar. Começar icone Play