Paraíba

Empresário suspeito de agredir e expulsar crianças de restaurante assinou TCO e foi liberado

O suspeito é o dono do estabelecimento, de 60 anos; ele negou as acusações

Publicado em 22/12/2020 16:07 Atualizado em 22/12/2020 16:47
logo
Por Redação Portal T5
Criança foi agredida dentro de restaurante

Criança foi agredida dentro de restaurante (Frame: Reprodução)

Uma criança de apenas oito anos foi agredida em um restaurante no centro de Campina Grande, Agreste da Paraíba, quando vendia balas no estabelecimento comercial. O suspeito pelas agressões é o proprietário do local, de 60 anos.

O caso foi registrado na tarde de ontem (segunda-feira, 21). O homem suspeito da agressão foi encaminhado à Central de Polícia Civil da cidade para prestar depoimento. O suspeito negou o crime e afirmou que apenas retirou a criança do local pois estava mexendo no bufê.

Após ser interrogado e negar o crime, ele assinou um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO), que consta o crime de lesão corporal, e foi liberado em seguida, O suspeito responderá em liberdade. Segundo a Polícia Civil, a autoridade policial no momento não estabeleceu um valor de fiança.

A criança fez exame de corpo de delito no Instituto de Polícia Científica (IPC) e depois encontrou o pai na Central de Flagrantes. Ainda segundo informações da Polícia Civil, "não houve lesão grave". O caso será levado para a Delegacia de Infância e Juventude.

Vídeos das marcas da agressão na criança circulam nas redes sociais.

icon whatsapp
Receba as últimas notícias de João Pessoa em qualquer lugar. Começar