Brasil

Embaixada defende investigação em caso de português que chamou brasileiro de chimpanzé

Em nota, representação diplomática de Portugal afirmou repudiar "ações ou declarações de teor discriminatório, racista ou xenófobo"

Publicado em 30/12/2020 20:30
logo
Por Metrópoles
Embaixada defende investigação em caso de português que chamou brasileiro de chimpanzé

A Embaixada de Portugal informou, nessa terça-feira (29/12), que a investigação realizada pela Polícia Civil (PCDF) sobre o ataque xenofóbico realizado por um português contra um produtor brasileiro “siga o seu curso e tenha como resultado o apuramento completo da verdade e as respectivas consequências”. A representação diplomática do país no Brasil também afirmou repudiar “todas as ações ou declarações de teor discriminatório, racista ou xenófobo, seja quem for o seu autor”.

No último dia 26, quando chegou em Brasília para passar o Réveillon, o produtor de eventos Jads Antunes da Rosa, 35 anos, passou a receber mensagens de um número desconhecido de Portugal. Pelo WhatsApp, o estrangeiro se identificou como Carlos.

Confira a reportagem completa no Metrópoles, parceiro do Portal T5

Leia também:

Paraíba confirma mais de mil novos casos de Covid-19 nesta quarta (30)

Bruno Cunha Lima anuncia quatro nomes de secretários para a gestão

Paraibana Gkay aparece na lista da Forbes dos milionários antes dos 30

PB: Suspeito de matar a ex-namorada é preso

icon whatsapp
Receba as últimas notícias de João Pessoa em qualquer lugar. Começar icone Play