Paraíba

Em protesto, estudantes de medicina bloqueiam via em Campina Grande

O movimento é para denunciar aumentos sucessivos nas mensalidades do curso

Publicado em 29/11/2021 17:12
logo
Por Carlos Rocha
Em protesto, estudantes de medicina bloqueiam via em Campina Grande

Em protesto, estudantes de medicina bloqueiam via em Campina Grande (Foto: Reprodução/ Redes sociais )

Estudantes de uma Universidade privada de Campina Grande se reuniram na tarde desta segunda-feira (29) para a realização de protestos para denunciar aumentos sucessivos nas mensalidades do curso de medicina. Alguns estudantes alegaram que, mesmo com a pandemia, não houve desconto e agora o valor aumentou consideravelmente.

Por conta dessas demandas, um grupo de manifestantes foi até a instituição protestar. Segundo os alunos, os portões fora fechados e eles tiveram que fazer a manifestação do lado de fora. Com balões pretos e vestidos de roupas escuras, eles acabaram bloqueando uma das faixa da rodovia BR-230 e o trânsito ficou lento.

Após o protesto, o Centro Universitário Unifacisa emitiu uma nota afirmando que mantém a transparência nas informações sobre o reajuste de 6,5% nas mensalidades do curso de Medicina.

Confira!

A maior parte das despesas da Unifacisa aumenta com base no Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) e o Índice Geral de Preços do Mercado (IGPM), cujas variações foram, respectivamente, de 10,67% (dez, vírgula sessenta e sete por cento) e 21,74% (vinte e um, vírgula setenta e quatro por cento).

O primeiro, que reflete a inflação dos preços de produtos mais comuns, cresceu acima do reajuste escolar proposto, enquanto que o segundo, relacionado à alteração de preços mais específicos como os aluguéis, subiu quase três vezes em comparação com aquele.

Além disso, os insumos de manutenção, produtos de laboratórios e equipamentos são importados do exterior e, por conseguinte, estão indexados ao dólar que, por sua vez, sofreu a maior valorização em cima do real que se desvalorizou mais de 7,5% (sete e meio por cento) em relação à moeda norte-americana apenas em 2021.

Para conhecimento, o reajuste de mensalidade é previsto em contrato e está de acordo com a legislação brasileira, que regulamenta essa prática escolar.

A Unifacisa reforça a transparência das informações para a comunidade e o compromisso com a excelência de ensino, permanecendo à disposição dos alunos para quaisquer dúvidas adicionais.

icon whatsapp
Receba as últimas notícias de João Pessoa em qualquer lugar. Começar icone Play