Paraíba

Direção do Prontovida nega falta de medicamentos para pacientes internados em UTI

De acordo com o diretor, o uso racional de medicamentos está sendo realizado em todo o país.

Publicado em 03/04/2021 16:29 Atualizado em 03/04/2021 18:20
logo
Por Redação Portal T5
Direção do Prontovida nega falta de medicamentos para pacientes internados em UTI

(Foto: Divulgação/Secom-JP)

A direção do hospital Prontovida, referência no combate à Covid-19, em João Pessoa, informou que os medicamentos para tratamento da Covid-19 não estão em falta no município.

O diretor técnico unidade hospitalar, Humberto Arcoverde, informou que o uso racional de medicamentos está sendo realizado em todo o país, em vários hospitais, tanto na esfera pública como nas redes particulares. “No Hospital Prontovida nós instituímos um protocolo de sedeanalgesia nos pacientes que estão internados na UTI (Unidade de Terapia Intensiva)”, falou.

Ainda de acordo com ele, esse procedimento está sendo aplicado na paciente Rita de Cássia. O diretor nega a falta de medicação no tratamento da mulher. “Não existiu. A paciente está sedada. Está no tratamento para dor. Está na posição de prona – que é quando esta deitada com a barriga para baixo. Uso também de relaxante neuromuscular para que ela melhore a sua respiração e consiga vencer o covid-19”, explicou.

Humberto Arcoverde disse ainda que esse tratamento é aplicado por 48 horas, a contar desta sexta-feira (2) pela manhã. 

Leia também:

Reunião entre João Azevêdo e prefeito de João Pessoa, Cícero Lucena, define regras menos restritivas para novo decreto

Agnaldo Timóteo morre aos 84 anos, vítima da Covid-19 

icon whatsapp
Receba as últimas notícias de João Pessoa em qualquer lugar. Começar