Paraíba

CRM-PB identifica superlotação e outras irregularidades no Ortotrauma de Mangabeira

O órgão informou que há precariedade no número de leitos da unidade hospitalar, medicamentos básicos estão em falta e existe superlotação

Publicado em 15/01/2020 23:37 Atualizado em 27/11/2020 01:46
logo
Por Redação Portal T5
CRM-PB identifica superlotação e outras irregularidades no Ortotrauma de Mangabeira

Após fiscalização do Conselho Regional de Medicina (CRM-PB), na tarde desta quarta-feira (15), foram observadas algumas irregularidades no Complexo Hospitalar de Mangabeira Tarcísio de Miranda Burity, mais conhecido como o Trauminha de Mangabeira, em João Pessoa. O órgão informou que há precariedade no número de leitos da unidade hospitalar, medicamentos básicos estão em falta e existe superlotação.

Segundo o presidente do CRM-PB, Roberto Magliano, pacientes foram encontrados nos corredores, além disso foi constatada a falta de medicamentos, como antibióticos e anestésicos, insumos e outros. ele afirmou que há irregularidades estruturais, como paredes mofadas, cadeiras quebradas, ar condicionado sem funcionar, falta de roupa de cama para os pacientes, elevadores quebrados há dois anos, que dificulta a locomoção dos pacientes, principalmente no pós-operatório, entre os andares da unidade.

O CRM-PB ressaltou a preocupação em diagnosticar irregularidades para que a gestão possa dar condições de atendimento a profissionais e pacientes. O presidente disse que a intenção não é interditar o hospital

Em nota, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de João Pessoa disse que está à disposição para dialogar com a entidade e está aguardando o relatório da visita para futuros pronunciamentos. A nota diz ainda que, só este mês, já foram realizadas 325 cirurgias no hospital, sendo 107 cirurgias ortopédicas somente no último final de semana.

icon whatsapp
Receba as últimas notícias de João Pessoa em qualquer lugar. Começar icone Play