Brasil

Criança de dois anos morre após ser atacada por pit bul

Segundo informações, o cachorro era da família da criança e foi sacrificado por policiais militares, após quase serem atacados também

Publicado em 19/04/2021 16:01 Atualizado em 19/04/2021 16:09
logo
Por Redação Portal T5
Criança de dois anos morre após ser atacada por pit bul

( Foto: Reprodução/PM)

Um cachorro da raça pit bull matou um menino de dois anos com uma mordida no pescoço em Luziânia, no Distrito Federal, no último domingo (18). O animal também atacou o irmão do menino, de sete anos, que sobreviveu. De acordo com a Polícia Militar, o cachorro pertencia à família das crianças.

Conforme o registro feito na Polícia Civil, policiais militares estavam fazendo rondas quando viram o cachorro com a boca ensanguentada e escutaram gritos em uma das residências. Segundo os políciais, testemunhas informaram que o pit bull havia atacado os dois irmãos, que foram levados às pressas para uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da cidade.

A criança mais nova não resistiu aos ferimentos e morreu. O irmão mais velho teve apenas ferimentos leves e foi liberado após atendimento médico.

Segundo informações, os policiais tentaram pegar o animal mas ele tentou atacá-los. Por esse motivo, os agentes atiraram no pit bull e colocaram o corpo do animal na viatura, para evitar que as testemunhas, que demostravam raiva, pegassem o cachorro. Um técnico do Centro de Zoonoses retirou o corpo do pit bull do local.

O animal será examinado para ver se estava sadio. A Polícia vai ouvir familiares e investigar o caso. 


*Com informações do G1

icon whatsapp
Receba as últimas notícias de João Pessoa em qualquer lugar. Começar