Polícia

Corpo de mulher assassinada ao tentar salvar filha em tiroteio é velado em João Pessoa

​Ana Glória, de 30 anos, era atendente em uma farmácia no bairro Ernani Sátiro e deixa dois filhos.

Publicado em 16/11/2018 09:35 Atualizado em 26/11/2020 03:38
logo
Por Redação Portal T5
Corpo de mulher assassinada ao tentar salvar filha em tiroteio é velado em João Pessoa

A mulher foi morta com um tiro nas costas em uma comunidade de João Pessoa
A mulher foi morta com um tiro nas costas em uma comunidade de João Pessoa Foto: Daniel Lustosa/ RTC

O corpo de Ana Glória de Sousa Oliveira, de 30 anos, será velado nesta sexta-feira (16), em uma funerária no bairro de Jaguaribe, em João Pessoa. Ela foi morta com um tiro nas costas após proteger a filha de um tiroteio na noite dessa quinta (15), em uma comunidade do bairro Costa e Silva.

A criança brincava em uma praça da Gaúchinha quando homens em um veículo disparam tiros contra William Joaquim da Silva, de 40 anos, que também morreu no local.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado, mas as vítimas foram encontradas mortas. Segundo a Polícia Militar (PM), Willian havia sofrido uma tentativa de homicídio na última semana. A PM ainda informou que ele era usuário de drogas, mas não soube precisar se tinha passagens pela polícia.

Ana Glória era atendente em uma farmácia no bairro Ernani Sátiro e deixa dois filhos. De acordo com a família, o sepultamento deve ser realizado em Mulungu, no Brejo paraibano.

Veja também:

Suspeitos de raptarem vereador de Pernambuco são encaminhados a presídio de João Pessoa

Brasil enfrenta Uruguai em amistoso nesta sexta-feira (16)

icon whatsapp
Receba as últimas notícias de João Pessoa em qualquer lugar. Começar icone Play