Política

Coriolano Coutinho deixa prisão após decisão do STJ

Calvário investiga um esquema de corrupção na área da saúde e da educação na Paraíba

Publicado em 21/02/2020 09:17 Atualizado em 27/11/2020 00:12
logo
Por Redação Portal T5
Coriolano Coutinho deixa prisão após decisão do STJ

Irmão do ex-governador da Paraíba deixou a prisão nessa quinta-feira
Irmão do ex-governador da Paraíba deixou a prisão nessa quinta-feira Foto: Reprodução/Redes Sociais

Após a decisão da ministra Laurita Vaz, relatora da operação Calvário no Superior Tribunal de Justiça (STJ), Coriolano Coutinho deixou a prisão por volta das 21h dessa quinta-feira (20).

Coriolano é irmão do ex-governador da Paraíba, Ricardo Coutinho, suspeito de chefiar o esquema de corrupção no setor da saúde no estado.

Além de Coutinho, também vão responder em liberdade: Vladimir dos Santos Neiva, Bruno Miguel Teixeira de Avelar Pereira Caldas e Márcio Nogueira Vignoli. Ainda vai ser solto Hilário Ananias Queiroz Nogueira, detido no Rio de Janeiro.

Entretanto, segundo a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap), até às 11h20 desta sexta-feira (21), apenas dois dos que tiveram o mandado liberado tinham deixado a prisão.

A operação Calvário investiga um esquema de corrupção na área da saúde e da educação do estado da Paraíba. Os cinco alvos da operação estavam detidos na Penitenciária de Segurança Média Juiz Hitler Cantalice, em Mangabeira, Zona Sul de João Pessoa. 

Dos que foram presos na sétima fase da operação na Paraíba, também estão em liberdade o ex-governador Ricardo Coutinho, a prefeita da cidade de Conde, Márcia Lucena, e a deputada estadual Estela Bezerra. A parlamentar foi a primeira a deixar a prisão após votação da Assembleia Legislativa da Paraíba.

icon whatsapp
Receba as últimas notícias de João Pessoa em qualquer lugar. Começar icone Play