Geral

Coréia do Norte | Rapaz é condenado à morte após ser pego com cópias de 'Round 6'

O aluno que comprou a cópia foi condenado à prisão perpétua e outros seis foram condenados a trabalhos forçados por assisti-la

Publicado em 24/11/2021 22:12
logo
Por Carlos Rocha
Rapaz é condenado a fuzilamento após ser pego com cópias de 'Round 6' na Coréia do Norte

Rapaz é condenado a fuzilamento após ser pego com cópias de 'Round 6' na Coréia do Norte (Foto: Reprodução/ Netflix)

Um homem norte-coreano foi condenado à pena de morte por levar uma cópia da série 'Roud 6' (Squid Game) para o país. Ele estava com outros rapazes em uma escola.

O homem que levou o material para o país foi considerado 'contrabandista' e deve ser executado por um pelotão de fuzilamento. Isso foi decidido depois que as autoridades surpreenderam o grupo de estudantes assistindo ao drama sul-coreano da Netflix.

De acordo com a Radio Free Asia , o homem foi acusado de trazer cópias digitais da série da China e comercializá-las.

O aluno que comprou a cópia foi condenado à prisão perpétua, enquanto outros seis que assistiram foram condenados a cinco anos de trabalhos forçados. Professores e administradores da escola também estão sendo punidos, alguns sendo demitidos e enviados para trabalhar em minas.

"Isso tudo começou na semana passada, quando um estudante do ensino médio secretamente comprou uma unidade flash USB contendo o drama sul-coreano 'Squid Game' e assistiu com um de seus melhores amigos na classe", disse uma fonte da polícia na província de North Hamgyong.

"O amigo contou a vários outros alunos, que ficaram interessados, e eles compartilharam o pen drive com eles. Eles foram pegos por um grupo, que fez a denúncia."

O grupo mencionado é o '109 Sangmu', oficialmente conhecido como Surveillance Bureau Group 109, é uma força de ataque governamental especializada que persegue observadores de vídeo ilegais.

Embora consumir conteúdo de mídia de países capitalistas, especificamente os EUA e a Coreia do Sul, seja ilegal dentro da ditadura e punível com a morte, esta é a primeira vez que a lei de "Eliminação do Pensamento e Cultura Reacionários" foi aplicada em um caso envolvendo menores.

Segundo a fonte, o regime vai agora "interrogar impiedosamente" os detidos para localizar todas as pessoas na cadeia de distribuição, o que conduz a novas detenções.

icon whatsapp
Receba as últimas notícias de João Pessoa em qualquer lugar. Começar icone Play