Paraíba

Contrariando Queiroga, João Pessoa vacina adolescentes neste sábado (18), diz secretário

Fábio Rocha confirmou que a vacinação contra Covid-19 será realizada para público acima de 12 anos.

Publicado em 17/09/2021 15:26 Atualizado em 17/09/2021 16:27
logo
Por Carlos Rocha
Fábio Rocha durante entrevista nesta sexta-feira (17).

Fábio Rocha durante entrevista nesta sexta-feira (17). (Foto: TV Tambaú/Reprodução)

O secretário de Saúde de João Pessoa, Fábio Rocha, afirmou a vacinação contra a Covid-19 para adolescentes a partir de 12 anos, neste sábado (18). A iniciativa vai de encontro à determinação do Ministério da Saúde que pediu a interrupção da imunização de pessoas nessa faixa etária. 

Os postos em que as doses serão aplicadas ainda não foram divulgados, mas a secretaria afirmou que o imunizante usado para esse público será o da Pfizer, conforme preconizado pelo Ministério da Saúde antes da suspensão. 

De acordo com Fábio Rocha, a decisão de manter a vacinação para esse público foi tomada junto com o Conselho de Secretarias Municipais de Saúde da Paraíba (COSEMS-PB). Por essa razão, ele acredita que a capital paraibana não será a única a vacinar essa faixa etária.

Em João Pessoa, a imunização para esse público chegou a ser anunciada no início desta semana, mas houve desistência da administração municipal, que manteve a campanha para adolescentes com comorbidade, deficiência permanente, adultos acima de 18 anos, assim como, aplicação da terceira dose para idosos.

Crítica ao Ministério da Saúde

Após a suspensão temporária da imunização contra Covid-19 para adolescentes de 12 a 17 anos, pelo governo federal, o secretário de Saúde de João Pessoa, Fábio Rocha, criticou a decisão anunciada por Marcelo Queiroga. Em entrevista exibida pela TV Tambaú nesta sexta-feira (17), o gestor paraibano questionou a recomendação de vacinar o público apenas com comorbidade. “Se eu tenho a capacidade intelectual para vacinar quem tem doença pré-existente, por que eu não vacino o sadio? É ser muito imbecil, né?”, disse.

"É uma decisão equivocada. Não sei se com intuito de provocar algum tumulto ou mal entendido, mas é lastimável.”, comentou o secretário. 

Durante a entrevista, Rocha ainda disse que pretende convencer o prefeito Cícero Lucena (PP) a ir contra a recomendação do governo federal e imunizar adolescentes de 12 a 17 anos. "Outro órgão regulador, que é a Anvisa, foi totalmente contra, e o mundo inteiro. Mostra-se que deve vacinar os adolescentes", finalizou. 

Veja mais:

icon whatsapp
Receba as últimas notícias de João Pessoa em qualquer lugar. Começar icone Play