Brasil

Comandante da PM é exonerado após furar fila de vacina contra Covid-19

O militar teria recebido as doses remanescentes da vacina, consideradas xepas.

Publicado em 02/04/2021 15:23 Atualizado em 02/04/2021 15:28
logo
Por Redação Portal T5
Julian Rocha Pontes, de 47 anos

Julian Rocha Pontes, de 47 anos (Imagem: Reprodução / Agência Brasília)

O coronel Julian Rocha Pontes, de 47 anos, comandante da Polícia Militar no Distrito Federal (PMDF), foi exonerado após furar a fila e tomar vacina contra a Covid-19. A saída do militar foi confirmada na edição do Diário Oficial desta sexta-feira (2). A denúncia sobre o uso das doses foram realizadas por fontes ligadas ao governo.

O militar teria recebido as doses remanescentes da vacina, consideradas xepas. Contudo, antes mesmo da confirmação do uso a Secretaria havia alterado a regra para aplicação dos imunizantes que restavam.

O início da vacinação para a força da segurança pública ainda não tem data marcada. Há expectativa para que a aplicação aconteça na semana que vem.


 

icon whatsapp
Receba as últimas notícias de João Pessoa em qualquer lugar. Começar