Polícia

“Ceguei depois que ele atirou na minha filha”, diz vítima de tentativa de assalto; suspeito foi morto

Após ser socorrida para o Trauminha, a criança de 3 anos teve alta e passa bem.

Publicado em 18/03/2019 06:27 Atualizado em 18/11/2020 23:02
logo
Por Redação Portal T5
“Ceguei depois que ele atirou na minha filha”, diz vítima de tentativa de assalto; suspeito foi morto

O proprietário do imóvel foi atingido por um disparo no braço e outro no peito
O proprietário do imóvel foi atingido por um disparo no braço e outro no peito Foto: Ewerton Correia / RTC

As vítimas de uma tentativa de assalto que aconteceu no bairro Recanto do Poço, em Cabedelo, na Grande João Pessoa, deram detalhes à

imprensa, na manhã desta segunda-feira (18), de como o crime

aconteceu.

De

acordo com uma das vítimas – que não será identificada – três

homens invadiram uma residência, abordaram os moradores do local e

entraram no imóvel em busca de dinheiro. Segundo o proprietário, um dos suspeitos estava armado e pediu objetos

pessoais. Ao adentrar na casa, o bandido teria ido em direção ao

quarto onde estavam um filho da vítima e sua neta.

Ele

bateu na porta do quarto com muita força. Meu filho ficou com medo

de abrir. Nessa hora ele disparou e chutou a porta”, disse.

O

disparo atingiu de raspão uma criança de 3 anos de idade. Segundo o

relato, pai e filho entraram em luta corporal com o suspeito após

ver a criança ferida. “Eu ceguei depois que ele atirou na minha

filha”, informou o filho do proprietário. “Eu estava

assistindo vídeos com minha filha na cama. Ele invadiu lá. Ele saiu

da casa dele com a intenção de invadir a minha”, completou.

Além

da criança de 3 anos, o dono da residência também foi atingido por disparos no peito direito e no braço. Já o filho foi ferido na perna.

As

vítimas foram socorridas para unidades médicas. O dono do

estabelecimento foi encaminhado ao Hospital de Emergência e Trauma

da capital. Após ser atendido, ele foi apresentado na Central de

Polícia da cidade. Já a criança de 3 anos foi socorrida ao

Complexo Hospitalar de Mangabeira Tarcísio de Miranda Burity, o

Trauminha, em Mangabeira.

Até a manhã desta segunda-feira

(18), o proprietário do imóvel e seu filho permaneciam detidos na

Central onde devem passar por audiência de custódia em sequência.

Os outros dois suspeitos pelo crime

fugiram após pai e filho entrarem em luta corporal com um dos

bandidos que foi morto com golpes de faca.

A defesa do suspeito informou que na

audiência tentará revogar a prisão em flagrante.

Leia

mais: Dois

homens são mortos a tiros durante comemoração de aniversário, em

JP

Mulher

fica ferida e trânsito complicado após colisão envolvendo dois

carros na Zona Sul de JP

Jovem

morre ao ser atropelado no Litoral Sul da Paraíba

Siga nosso Instagram Facebook e

fique bem informado!

icon whatsapp
Receba as últimas notícias de João Pessoa em qualquer lugar. Começar icone Play