Geral

Bombril se pronuncia após acusação de racismo e afirma que marca 'Krespinha' sairá do mercado

O nome da esponja de aço de inox ocasionou acusações de racismo como uma associação pejorativa ao cabelo comum entre afrodescendentes.

Publicado em 18/06/2020 Atualizado em 26/11/2020

Após acusações de racismo, a Bombril se manifestou nessa quarta-feira (17) e afirmou que deve retirar a marca Krespinha do portfólio de produtos. O nome da esponja de aço de inox ocasionou acusações de racismo como uma associação pejorativa ao cabelo comum entre afrodescendentes.

"A Bombril decidiu que vai retirar, a partir de hoje, a marca Krespinha do seu portfólio de produtos. Diferentemente do que foi divulgado nas redes sociais e mídia em geral, não se tratava de lançamento ou reposicionamento de produto", disse a empresa por meio do Instagram.

"A marca estava no portfólio há quase 70 anos, sem nenhuma publicidade nos últimos anos, fato que não diminui nossa responsabilidade. Mesmo sem intenção em ferir ou atingir qualquer pessoa, pedimos sinceras desculpas a toda a sociedade", acrescentou.

"Em função disso, vamos imediatamente rever toda a comunicação da Companhia, além de identificar ações que possam gerar ainda mais compromisso com a diversidade", declarou. 

Confira: 

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por Bombril (@bombriloficial) em

icon whatsapp
Receba as últimas notícias de João Pessoa em qualquer lugar. Começar