Brasil

Bolsonaro sanciona lei que dá diretrizes para o Orçamento de 2021

Pelo texto, déficit do governo será de R$ 247,1 bilhões em 2021 e mínimo de R$ 1.088. Na 4ª, presidente informou que mínimo será de R$ 1.100

Publicado em 31/12/2020 16:00 Atualizado em 31/12/2020 16:32
logo
Por Metrópoles
Bolsonaro sanciona lei que dá diretrizes para o Orçamento de 2021

A Secretaria-Geral da Presidência informou, nesta quinta-feira (31/12), que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) sancionou a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2021.

A LDO estabelece as regras básicas para a execução do orçamento do ano seguinte, incluindo as previsões de receitas e despesas.

O projeto prevê déficit de R$ 247,1 bilhões para 2021 e aumento do salário mínimo, de R$ 1.045 para R$ 1.088. O valor fora calculado em conformidade com a inflação acumulada estimada para 2020, de 4,1%. Na quarta (30/12), no entanto, o presidente Jair Bolsonaro editou uma medida provisória elevando valor do mínimo para R$ 1.100 a partir de 1º de janeiro de 2021.

Confira a reportagem completa no Metrópoles, parceiro do Portal T5

Leia também:

Paraíba confirma mais de mil novos casos de Covid-19 nesta quarta (30)

Bruno Cunha Lima anuncia quatro nomes de secretários para a gestão

Paraibana Gkay aparece na lista da Forbes dos milionários antes dos 30

PB: Suspeito de matar a ex-namorada é preso

icon whatsapp
Receba as últimas notícias de João Pessoa em qualquer lugar. Começar icone Play