Brasil

Bolsonaro pede que filha seja matriculada em colégio militar sem passar por processo seletivo

Presidente adiantou desejo em conversa com apoiadores.

Publicado em 26/08/2021 13:42 Atualizado em 26/08/2021 14:06
logo
Por Redação Portal T5
Jair Bolsonaro

Jair Bolsonaro (Imagem: Reprodução)

De acordo com uma publicação do jornal "Folha de S. Paulo" , o presidente Jair Bolsonaro solicitou que sua filha, Laura, seja matriculada no Colégio Militar de Brasília sem necessidade de realizar processo seletivo.

A informação surgiu após conversas do presidente com com apoiadores. Ele adiantou que sua filha estudaria na instituição. “A minha (filha) deve ir ano que vem pra lá. A imprensa já está batendo. Ela tem direito por lei, até por questão de segurança”, afirmou na terça.

Vale lembrar que as instituições de educação militares são reservadas para estudantes que passam por um processo seletivo ou para filhos de militares. Bolsonaro exerceu o posto de capitão do Exército, mas foi transferido para a reserva de forma automática em 1988, ano em que foi eleito vereador no Rio.

O pedido para a matrícula foi encaminhado e o departamento de Educação do Exército deve avaliar a questão. O artigo 52 do Regulamento dos Colégios Militares confirma matrícula sem necessidade de processo seletivo os órfãos de militares ou dependentes de militares que estejam transferidos, em missão no exterior, em guarnições especiais.


 

icon whatsapp
Receba as últimas notícias de João Pessoa em qualquer lugar. Começar icone Play