Brasil

Auxílio emergencial: Câmara cancela sessão após obstrução de partidos

Parlamentares querem auxílio emergencial de R$ 600

Publicado em 06/10/2020 17:30 Atualizado em 26/11/2020 23:13
logo
Por Redação Portal T5
Auxílio emergencial: Câmara cancela sessão após obstrução de partidos

No início da tarde, líderes de siglas da oposição anunciaram a obstrução da pauta de votação até que seja pautada a Medida Provisória 1000/20, que prorroga o auxílio emergencial até dezembro com o valor de R$ 300 mensais. A oposição tem articulado para que o governo mantenha o valor de R$ 600 até o final do ano. 

"Estamos entrando em obstrução política. O governo faz de tudo para deixar a medida provisória caducar porque ela já está com seus efeitos sendo realizados. O governo não quer votar a medida provisória. Não aceitaremos votar nada se não entrar em pauta a MP 1000, do auxílio emergencial, em respeito ao país", disse o líder da minoria, José Guimarães (PT-CE). 

Comissão Mista

Partidos da base aliada também integraram a obstrução aos trabalhos do plenário por não ter sido instalada a Comissão Mista de Orçamento (CMO) nesta terça-feira. A instalação já havia sido adiada na semana passada em busca de um acordo sobre a distribuição de vagas entre os deputados, a pedido de líderes partidários da Câmara. 

Ainda não há data para a eleição do presidente do colegiado e para a indicação dos relatores dos projetos da Lei de Diretrizes Orçamentárias (PLN 9/2020) e da Lei Orçamentária Anual (PLN 28/2020).

Agência Brasil

Veja também: "Festa no IML": polícia investiga grupos que incentivam necrofilia nas redes sociais

+ Inep abre seleção de professores para elaborar questões do Enem

Siga o Instagram Facebook do Portal T5 e fique bem informado!

icon whatsapp
Receba as últimas notícias de João Pessoa em qualquer lugar. Começar icone Play