Paraíba

Assaltos a postos de gasolina aumentam 52% na Paraíba

Consumidores acabam pagando a conta por causa de investimentos feitos em segurança privada, diz Sindipetro

Publicado em 25/11/2021 09:45 Atualizado em 25/11/2021 15:21
logo
Por Dennison Vasconcelos
Posto em Jaguaribe foi alvo dos criminosos em outubro deste ano.

Posto em Jaguaribe foi alvo dos criminosos em outubro deste ano. (Foto: Ewerton Correia / RTC)

Entre janeiro e setembro deste ano, 111 postos de combustíveis foram alvo de criminosos na Paraíba. O índice desse tipo de crime já supera os casos durante todo o ano de 2020, quando foram registrados 100 roubos. Os dados solicitados pelo Portal T5 à Secretaria de Estado da Segurança e da Defesa Social revelam o aumento de 52%, quando comparados os primeiros nove meses dos dois anos. 

Assaltos à mão armada, explosivos e utilização de veículos para recolhimento de lixo estão entre os meios aplicados por criminosos nessa modalidade de delito. Para o presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo da Paraíba (Sindipetro), Omar Hamad, o número de casos pode ser ainda maior. "Muitos empresários deixam de registrar denúncias, principalmente, quando o valor roubado não é alto", disse.

Aumento de preços

Para tentar coibir a criminalidade, donos de postos investem em equipamentos de tecnologia e segurança privada. "Isso eleva muito os custos, que impactam no preço final", explicou Hamad.

Estabelecimento em João Pessoa ficou destruído após ataque de criminosos. (Foto: Ewerton Correia/RTC)

Em agosto, a estrutura do cofre de um posto de combustível foi destruída no bairro Bancários, em João Pessoa. Os criminosos usaram um caminhão de lixo para danificar o local. Nesse mês, o estabelecimento foi atacado três vezes por bandidos.

À época, a Polícia Militar (PM) disse que o caminhão de lixo foi roubado. Os criminosos deram marcha à ré no veículo e quebraram a estrutura onde estava o cofre, mas não conseguiram retirá-lo do estabelecimento.

O Portal T5 questionou a Secretaria de Segurança Pública sobre as estratégias para combate a esse tipo de crime na Paraíba, em nota, o órgão disse que "analisa periodicamente as ocorrências para o reforço de ações de prevenção e repressão qualificadas por parte da Polícia Militar e da Polícia Civil".

Veja mais:

icon whatsapp
Receba as últimas notícias de João Pessoa em qualquer lugar. Começar icone Play