Paraíba

Após repercussão, prefeito da PB vai revogar decreto que autoriza morte de animais abandonados

O gestor assinou um decreto

Publicado em 21/01/2021 18:30 Atualizado em 22/01/2021 12:45
logo
Por Carlos Rocha

Uma reportagem do Portal UOL trouxe à tona nesta quinta-feira (21) o decreto assinado pelo prefeito Tales Torricelli, do município de Brejo do Cruz, no interior da Paraíba. O documento autoriza o sacrifício de animais em situação de rua, abandonados, soltos ou com suspeita de contaminação por doença transmissível ou não ao ser humano.

Uma das justificativas do decreto é o crescente número de acidentes de trânsito e doenças causadas pelos animais soltos ou abandonados na cidade. A atitude causou revolta nas redes sociais, sobretudo por entidades ligadas à causa animal.

De acordo com o documento, publicado esta semana, animais de pequeno, médio e grande porte que estiverem soltos nas ruas e logradouros públicos, ou ainda em locais de livre acesso à população, serão recolhidos e poderão ser sacrificados.Os animais, uma vez recolhidos, podem ser resgatados pelos donos em até sete dias úteis, segundo texto do decreto. Passado esse prazo, o animal poderá ser doado, sacrificado ou colocado para leilão.

Segundo o decreto, se o animal a ser recolhido estiver doente, em condições de "apreensão impraticável", segundo a prefeitura, poderá ser sacrificado in loco. A determinação é para animais com moléstia que possa causar dano à saúde pública. A prefeitura classificou os animais da seguinte forma: pequeno porte (felinos e caninos); médio porte (suínos, caprinos e ovinos); e grande porte (bovinos, equinos, muares, asininos e bubalinos).

Tales Torricelli, informou, em entrevista à imprensa, que deve revogar o decreto e emitir um novo após diálogo com autoridades judiciais e órgãos de proteção animal. Segudo ele, haverá diálogo para uma melhor solução da questão. Ele revelou ainda que até o momento, mesmo com o decreto em vigor, nenhum animal foi sacrificado.

Leia também:

Pesquisa mostra onde encontrar combustível mais barato em João Pessoa

PB confirma 1.111 novos casos de Covid-19 e ultrapassa 180 mil infecções pelo vírus

Procon: Pesquisa aponta variação superior a 130% no preço do quilo do pão francês

Caixa libera mais um saque do auxilio emergencial; veja quem tem direito

icon whatsapp
Receba as últimas notícias de João Pessoa em qualquer lugar. Começar