Paraíba

Após quase 40 dias, criança de 7 anos atropelada na Perimetral Sul recebe alta médica; veja

A pequena Soraya Aylla foi atropelada no último dia 8 de julho, junto com a avó e a tia

Publicado em 17/08/2020 18:15 Atualizado em 26/11/2020 05:39
logo
Por Redação Portal T5
Após quase 40 dias, criança de 7 anos atropelada na Perimetral Sul recebe alta médica; veja

Foto: Reprodução

A notícia de um acidente que aconteceu na Perimetral Sul, aqui em João Pessoa onde três pessoas foram atropeladas, entre elas uma menina de 7 anos, revoltou os moradores, principalmente pelo fato do motorista responsável pelo atropelamento estar com sintomas de embriaguez.

Em meio ao drama vivido pela família, uma boa notícia apareceu nesta segunda-feira (17), trazendo mais conforto em um momento tão difícil. A pequena Soraya Aylla recebeu alta do hospital após 39 dias internada.

Prefeitura de João Pessoa deve anunciar essa semana decisão sobre praias e desfiles cívicos

O pai da criança comemorou a notícia e agradeceu muito os médicos. Ele informou que foi necessária a retirada de fragmento de osso para conter o inchaço no cérebro.. Para isso, parte do crânio da menina precisou ser retirado. Ele contou que, apesar disso, Soraya respondeu bem ao tratamento e acabou recebendo alta antes do previsto.

A família relatou ainda que a recuperação é lenta e após essa alta a menina vai precisar passar por um processo de reabilitação. O acidente aconteceu quatro dias após a irmã caçula dela nascer. Os pais de Soraya disseram que ela estava muito empolgada com a chegada do bebê.

Fisioterapeutas asseguraram a utilização de alguns mecanismos para evitar as contraturas e encurtamentos, assim como uma série de aquisições para essa nova fase adaptação. Por conta disso, familiares da menina organizaram uma Vaquinha On-line para o tratamento.

Após quase 40 dias, criança de 7 anos atropelada na Perimetral Sul recebe alta médica; veja

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por Portal T5 (@portalt5) em

Relembre o caso

O atropelamento aconteceu no bairro de Gramame, na Perimetral Sul, em João Pessoa. O motorista que atropelou as três pessoas da mesma família, incluindo uma criança de sete anos. Ele chegou a ser preso e teria feito o teste do bafômetro, que constatou a embriaguez, mas já está solto. A criança ferida no acidente permanece internada no hospital de trauma.

Segundo a avó e a tia da menina, que também ficaram feridas no acidente, a cena ainda choca toda vez que se assiste. O acidente foi registrado por uma câmera de monitoramento. Era 21h36 da última quarta-feira, 8 de Julho, quando duas mulheres e uma criança de 7 anos estão na calçada, em seguida, um carro passa em velocidade e atropela as três. Elas estavam todas de costas e nem percebem a aproximação do veículo. Um outro carro que vem atrás para imediatamente para alertar outros motoristas. Uma mulher desce de uma moto e é a primeira a dar assistência às vítimas.

As duas mulheres e a criança foram levadas para o hospital de trauma da capital. No outro dia, Sara, uma jovem de 20 anos recebeu alta. Ela teve ferimentos na perna e na orelha e arranhões em várias partes do corpo.

Idoso morre carbonizado enquanto trabalhava após descarga elétrica na PB

A tia dela e a avó da menina, Marta, de 51 anos, sofreu um corte na cabeça e uma pancada forte no tórax. Ela demorou mais alguns dias internada até receber alta, mas a criança de sete anos teve traumatismo craniano. Ela passou por cirurgia e segue internada na UTI pediátrica do hospital de trauma.  A avó da criança alega que não lembra de nada do que aconteceu e, apesar da alta hospitalar, continua sentindo muitas dores.

O caso ocorreu na Rua Cícera Batista de Luna, em Gramame, na via Perimetral Sul. No local, a movimentação é intensa e há poucos redutores de velocidade.

O motorista, Alexsandro Pereira de Souza, de 34 anos, tentou fugir depois de bater nas vítimas, mas foi trancado por outro veículo e impedido de seguir. Alexandro foi contido por populares e, segundo a família das vítimas, passou pelo teste do bafômetro que constatou a embriaguez. Ele foi preso e levado para a central de polícia de João Pessoa, no bairro do Geisel, onde permaneceu por dois dias.

Prefeitura de João Pessoa deve anunciar essa semana decisão sobre praias e desfiles cívicos

Após quase 40 dias, criança de 7 anos atropelada na Perimetral Sul recebe alta médica; veja

Idoso morre carbonizado enquanto trabalhava após descarga elétrica na PB

Leia também: Paraíba supera marca de 4 mil regulações para pacientes Covid-19

Siga o Instagram Facebook do Portal T5 e fique bem informado!

Adicione o WhatsApp do Portal T5: (83) 9 9142-9330.

icon whatsapp
Receba as últimas notícias de João Pessoa em qualquer lugar. Começar icone Play