Paraíba

Anunciado processo seletivo para nova Escola de Inovação e Tecnologia, em João Pessoa

Poderão participar deste Processo Seletivo alunos matriculados na 1ª série do Ensino Médio em escolas públicas e privadas, sendo para as privadas destinadas 15% das vagas

Publicado em 15/03/2021 18:30
logo
Por Carlos Rocha
Anunciado processo seletivo para nova Escola de Inovação e Tecnologia, em João Pessoa

O governador João Azevêdo lançou nesta segunda-feira (15), no programa semanal ‘Conversa com o Governador’, transmitido em cadeia estadual pela Rádio Tabajara, o Centro Educacional de Inovação e Tecnologia (Inotech). Inicialmente serão ofertadas 50 vagas para o curso Técnico de Informática, sendo 25 para iniciar em imediato e 25 para cadastro de reserva. Poderão participar deste Processo Seletivo alunos matriculados na 1ª série do Ensino Médio em escolas públicas e privadas, sendo para as privadas destinadas 15% das vagas. 

O chefe do Executivo estadual destacou a importância do Centro Educacional de Inovação e Tecnologia. “Queremos com esse Centro beneficiar os profissionais e alunos com desenvolvimento numa área importante, que é inovação e tecnologia. Essa escola vai permitir que no futuro possamos ter cursos extras para os profissionais da área de informática, além da capacitação dos alunos em cursos básicos. Queremos proporcionar também cursos preparatórios de extensão para outros profissionais da área”, frisou.

Para concorrer à vaga, os estudantes podem se inscrever no período de 16 a 26 de março, preenchendo o formulário online disponível no site pbeduca.see.pb.gov.br e anexar os documentos necessários. A seleção dos novos alunos para o Centro Educacional de Inovação e Tecnologia vai acontecer mediante em duas etapas: inscrição e entrevista com a comissão avaliadora do processo. 

Todas as aulas no Inotech serão remotas até a retomada das atividades presenciais, de acordo com o decreto estadual sobre o Covid-19. Os estudantes deverão exercer suas atividades de aprendizagem, no período diurno, de segunda a sábado. O prédio onde a escola vai funcionar está em reforma, e fica localizado no Centro de João Pessoa. 

A Escola Inotech terá seis salas interativas digitais, um laboratório maker, laboratório de redes e desenvolvimento e laboratório de lógica e xadrez, outra novidade nesse currículo. As unidades curriculares foram pensadas a partir do Ensino para Competências, focando em um ensino teórico prático onde a aprendizagem acontecerá de forma vivenciada e com alguns laboratórios disponíveis para aquisição de competências necessárias para o estudante.

O secretário de Estado da Educação e da Ciência e Tecnologia, Cláudio Furtado, afirmou que o Inotech visa proporcionar aos estudantes a possibilidade de se qualificarem através de um itinerário formativo para o Ensino Médio integrado ao Técnico até o ensino superior. “Por meio de parcerias com empresas e laboratórios de pesquisas, o Inotech vai oferecer um currículo articulado para o desenvolvimento de competências e habilidades práticas de aprendizagens diversificadas como raciocínio lógico, processo de mentoria personalizado para os estudantes. A ideia é que a aprendizagem seja focada no uso de metodologias ativas e inovadoras nas áreas de tecnologias, proporcionando também aos alunos e professores a qualificação e aprofundamento em língua estrangeira, tornando o Inotech uma escola técnica bilíngue”, disse.

Centro Educacional De Inovação e Tecnologia Inotech - O Inotech é um modelo de educação voltado ao futuro global em sociedade, que oferece aos estudantes a oportunidade de desenvolver competências e habilidades na área da tecnologia e inovação, que ajudarão na inserção de carreiras do futuro.

A escola vai proporcionar aos estudantes a possibilidade de se qualificarem, através de um itinerário formativo do Ensino Médio Integrado ao Técnico até seu Ensino Superior na área de Inovação e Tecnologia, em parceria com empresas e Laboratórios de Ensino Superior.

A partir do currículo bilíngue focado no desenvolvimento e habilidade para o profissional de TI, os estudantes desenvolverão atividades práticas durante os três anos do curso. Para tanto a equipe contará com a infraestrutura física e tecnológica, onde “ambientes de trabalho” se transformam em ecossistemas de criação e desenvolvimento à disposição para a realização das atividades necessárias à qualificação de nossos discentes.

Cursos extras - Pensando nos perfis profissionais do curso de Informática e no cenário local da capital, onde possam ampliar suas competências e agregarem valor a este setor econômico, os alunos terão oferta de curso para certificação extra com perspectiva de formação continuada e complementaridade a sua área de atuação no mercado, uma vez que proporciona a especificidade do segmento que almejam atuar.

Os cursos extras para Técnico em Informática são: Assistente de manutenção e suporte de computadores; Assistente de redes e segurança de computadores e Assistente de desenvolvimento de aplicativos computacionais e sistemas para internet.

Leia também

Instagram lança Central de Informações sobre Covid-19

Paraíba deve alcançar 5 mil mortes por Covid-19 nesta terça (16)

Covid: Paraíba anuncia abertura de mais 39 leitos de UTI e de decisão clínica

Covid: 5 policiais morreram e 233 já foram contaminados na Paraíba

icon whatsapp
Receba as últimas notícias de João Pessoa em qualquer lugar. Começar icone Play