Paraíba

Antonia Fontenelle nega acusações de racismo e insinua que delegado cometeu crime

"Não vou pedir perdão por um crime que não cometi", disse

Publicado em 16/07/2021 09:25 Atualizado em 16/07/2021 11:33
logo
Por Redação Portal T5
Antonia Fontenelle nega acusações de racismo e insinua que delegado cometeu crime

(Foto: Instagram @ladyfontenelle/Reprodução)

Em vídeo publicado em uma rede social, a influenciadora Antonia Fontenelle negou as acusações de racismo xenofóbico instauradas pela Polícia Civil da Paraíba. Ela declarou: "é uma covardia o que estão fazendo comigo".

Nesta semana, em comentário ao suposto caso de agressão envolvendo o DJ Ivis, a artista disse que "esses paraíbas fazem um pouquinho de sucesso e acham que pode tudo. Amanhã vou contactar as autoridades do Ceará pra entender por que esse cretino não foi preso".

Nessa quinta-feira (15), ela disse que "não existiu crime. Eu estou tranquila".

A youtuber fez declarações em redes sociais que, no entendimento do delegado seccional Pedro Ivo, da 1ª DSPC, caracterizam manifestações preconceituosas generalizadas, direcionadas a todos os paraibanos.

Antonia comentou a repostagem do delegado da Paraíba, Pedro Ivo, em outra rede social. "O senhor sabe que denunciação caluniosa é crime, correto? Afinal de contas, o senhor estudou para isso", disse a influenciadora.

Antônia ainda culpou Juliette pela repercussão da fala, "graças à campeã do BBB, jogaram tudo para mim".

A atriz também comparou a nomenclatura de Hulk Paraíba com o comentário que fez contra o DJ Ivis, suspeito de agredir a ex-esposa, Pâmela Hollanda.

Veja o vídeo:

Fique por dentro:

icon whatsapp
Receba as últimas notícias de João Pessoa em qualquer lugar. Começar icone Play