Gente famosa

Anderson, vocalista do Molejo, é acusado de estupro por rapaz de 21 anos

O jovem registrou Boletim de Ocorrência e afirmou ter provas físicas de que foi violentado sexualmente pelo cantor

Publicado em 03/02/2021 19:00 Atualizado em 03/02/2021 19:38
logo
Por Carlos Rocha
Anderson, vocalista do Molejo, é acusado de estupro por rapaz de 21 anos

Um rapaz de 21 anos procurou a 33ª Delegacia de Polícia do Rio de Janeiro para registrar um boletim de ocorrência contra o cantor Anderson Leonardo, vocalista do grupo Molejo. Ele está sendo acusado pelo jovem de ter cometido o crime de estupro. A informação veio à tona através do colunista do programa 'A Tarde é Sua', Alessandro Lo Bianco.

De acordo com o relato do rapaz no boletim de ocorrência, ele teria sido violentado sexualmente pelo cantor no dia 11 de dezembro. Ele narrou que Anderson teria marcado uma reunião, mas em vez de ir para algum local onde os dois pudessem fazer uma refeição e conversar sobre trabalho, o vocalista o teria o levado para um motel chamado Queen.

O denunciante afirmou ter estranhado o fato de terem entrado no estabelecimento e se sentiu constrangido. Segundo o relato, Anderson, ao perceber o constrangimento, teria dito: “Calma, é uma reunião sigilosa que pode mudar a sua carreira”.

O jovem diz ainda que após ter tirado o seu celular de suas mãos e desligado o aparelho, Anderson o teria jogado na cama e então teria se despido e desferido dois tapas em seu rosto. Ele conta que ficou assustado e chorou quando o vocalista do Molejo teria dito: “Não chora seu filho da put*, sua vagabund* piranh*”. Logo em seguida Anderson teria arrancado a roupa da suposta vítima, que gritou: “Para que sou virgem”.

Segundo consta no boletim de ocorrência, o artista teria respondido: “Put* não é virgem”, e depois insistentemente teria tentado penetrar seu pênis na vítima. O rapaz afirma que tentou impedir a prática com empurrões e que depois de muito insistir o vocalista “conseguiu o seu designo” e contra sua vontade o penetrou. Ele narra ainda que Anderson não usou camisinha nem lubrificante e que, por encontrar muita dificuldade para penetrá-lo disse: “Por que você que é put*, piranh*, eu não consegui enfiar meu pa* em você”.

O rapaz contou que chegou a sangrar bastante. Ele contou à polícia que desmaiou, sendo acordado em seguida pelo acusado. No momento em que ele teria restabelecido seus sentidos, teria escutado Anderson dizer: “Que merda que eu fiz”.

Na delegacia, o jovem afirmou ter como prova uma cueca que usava e que contem manchas de sangue e que ali é identificado também vestígios de esperma deixados por Anderson. Ele contou que conheceu o vocalista do Molejo há oito meses e que havia demonstrado, na ocasião, o interesse em fazer um trabalho artístico com o cantor.

Leia também:

Melody dispensa ajuda de Anitta para gerenciar carreira; entenda

Juliette recebe vários emojis de "bomba" após DR com brothers

Campina Grande receberá 18 pacientes de Manaus para tratamento de Covid-19

Arcebispo de Natal pede desculpas após ser acusado de LGBTfobia; entenda o caso

icon whatsapp
Receba as últimas notícias de João Pessoa em qualquer lugar. Começar icone Play