Paraíba

Agência investigada pela PF é responsável por publicidade de Adriano Galdino e família

A operação da PF investiga o desvio de verbas públicas para o custeamento de campanha eleitoral, no município de Gado Bravo, no Agreste da Paraíba.

Publicado em 24/08/2021 11:32 Atualizado em 24/08/2021 12:21
logo
Por Redação Portal T5
Agência investigada pela PF é responsável por publicidade de Adriano Galdino e família

(Imagem: Reprodução/Instagram/TopMidia)

A empresa de comunicação Top Mídia, alvo de mandado de busca e apreensão da Polícia Federal na manhã desta terça-feira (24), é responsável pela publicidade do deputado estadual Adriano Galdino, presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba e da sua esposa Eliana Galdino, prefeita de Pocinhos. Outros parentes do parlamentar aparecem como clientes da agência. (Veja o vídeo no fim da matéria)

A operação da PF investiga o desvio de verbas públicas para o custeamento de campanha eleitoral, no município de Gado Bravo, no Agreste da Paraíba e cumpre dois mandados de busca e apreensão, dias antes da escolha de um novo prefeito.

A assessoria de imprensa do deputado informou à produção de conteúdo da Rede Tambaú de Comunicação que não vai se pronunciar sobre o caso.

Em nota assinada pelo sócio-administrador da Top Mídia, Demetrio Costa Soares, a agência informou que colaborou com as investigações e não teve nenhum bem apreendido. Veja:

A agência Top Mídia vem à público esclarecer que na manhã desta terça-feira (24) atendeu a um mandado de busca e apreensão da Polícia Federal, que realiza operação de investigação na Prefeitura de Gado Bravo.

A empresa não teve nenhum bem apreendido e colaborou com as investigações entregando os contratos e notas fiscais por serviços prestados à Prefeitura, para o devido esclarecimento dos fatos.

O Procurador de Justiça de Gado Bravo disse que o município recebeu a operação da PF de forma natural e que reconhece a lista dos processos e atos administrativos realizados na cidade.

"Recebemos a Polícia Federal para cumprimento de mandados de busca e apreensão, normal e natural, apenas para recolher contratos. Contratos esses de processos licitatórios que são públicos e já estão, inclusive, de posse do Tribunal de Contas do Estado. Recebemos com a maior tranquilidade. Reconhecemos e sabemos da lisura dos processos e atos administrativos realizados no município. É a oposição se aproveitando desse momento eleitoral, já que temos eleição em setembro, passa a fazer denúncias infundadas e improcedentes", explicou.

De acordo com a resolução do Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB), o primeiro turno das eleições em Gado Bravo está previsto para acontecer no dia 12 setembro de 2021, por meio do sistema eletrônico de votação e apuração. Em 2020, Evandro Araújo (Cidadania) foi eleito, no entanto, questões jurídicas impediram a posse. No comando do município paraibano atualmente está o presidente da Câmara de Vereadores, Marcelo Paulino (PL).

 
icon whatsapp
Receba as últimas notícias de João Pessoa em qualquer lugar. Começar icone Play