Paraíba

Acusados de assassinato de Paulo Teixeira de Carvalho vão a júri popular

Filho do empresário é principal suspeito do crime.

Publicado em 26/10/2021 11:05 Atualizado em 26/10/2021 14:01
logo
Por Redação Portal T5
Acusados de assassinato de Paulo Teixeira de Carvalho vão a júri popular

(Foto: TV Tambaú/Reprodução)

A Justiça decidiu que o acusados de participação no assassinato do auditor fiscal Paulo Germano Teixeira de Carvalho vão a júri popular. O crime que ocorreu em junho de 2019, em uma granja do bairro de Paratibe, tem como principal suspeito o filho, Paulo Rodrigo Teixeira de Carvalho e outras duas pessoas.

O auditor fiscal aposentado foi morto durante a simulação de um assalto. Com o andamento das investigações, as autoridades chegaram ao filho da vítima, que seria o responsável pelo assassinato. Ele e os suspeitos estão detidos desde a época do crime na Penitenciária Desembargador Flóscolo da Nóbrega, o presídio do Roger, em João Pessoa.

À época, em entrevista exibida pela TV Tambaú, o delegado Hugo Hélder disse que o suspeito teria planos de matar outros membros da família. “Isso foi dito de forma clara e objetiva pelo Diego. Ele falou que se tudo desse certo, e caso não fossem descobertos, ele voltaria e implementaria o segundo plano que seria matar a irmã e também uma terceira pessoa que praticava pequenos furtos na área do comércio deles”, relatou.

A audiência ainda não tem data para ocorrer. A sentença que determinou a modalidade de julgamento ainda determina a manutenção da prisão processual dos réus.

Veja mais:

icon whatsapp
Receba as últimas notícias de João Pessoa em qualquer lugar. Começar icone Play