Polícia

Acusado de espancar esposa grávida até a morte na Paraíba é preso em São Paulo

O crime aconteceu na cidade de Poço de José de Moura e a prisão foi efetuada em Mauá

Publicado em 04/12/2020 21:45 Atualizado em 12/12/2020 04:16
logo
Por Redação Portal T5
Acusado de espancar esposa grávida até a morte na Paraíba é preso em São Paulo

Foto: Reprodução/ Instagram

Após um trabalho de investigação e troca de informações entre a Polícia Civil da Paraíba e a do estado de São Paulo, foi preso nesta sexta-feira (4) o homem acusado de espancar a esposa grávida até a morte. O crime aconteceu no dia 7 de setembro desse ano, na cidade de Poço de José de Moura. Hélio José de Almeida Feitosa é apontado como autor do crime, foi preso em Mauá.

Pâmela do Nascimento Bessa, de 28 anos, foi espancada mesmo grávida. Apesar de ser socorrida para o Hospital de São João do Rio do Peixe, ela não resistiu e veio a óbito. Após a morte dela, Hélio chegou a ser conduzido à delegacia, no entanto, foi liberado após negar o crime, em depoimento.

De acordo com o delegado Glauber Fontes, naquela ocasião não tinha indícios suficientes para realizar a prisão em flagrante. Ele teve que aguardar a laudos periciais para saber a causa da morte. O delegado ainda afirmou que não havia histórico de agressão.

Após a morte de Pâmela, um fato novo surgiu. Segundo o delegado Danilo Charbel, através de documentos e relatos testemunhais, foi constatado que, no dia 12 de fevereiro de 2020, o homem já havia provocado um aborto em Pâmela após agredi-la.

Com os laudos comprovando o espancamento, o delegado representou pela prisão preventiva do suspeito, que foi acatada pela Justiça. No entanto, o suspeito não estava mais em território paraibano.

Para dar cumprimento ao mandado de prisão houve uma articulação entre as polícias civis dos estados. Ele era considerado foragido da Justiça. Pâmela do Nascimento já era mãe de três filhos, uma delas morava em São Paulo.

Leia também:

Manifestantes fazem ato em frente a shopping de João Pessoa após relato de racismo em livraria

Estado de saúde de Genival Lacerda é grave e ele segue intubado, diz boletim

Sargento da PM é atacado a faca ao atender ocorrência de violência doméstica na PB

Ônibus que caiu de ponte e deixou 14 mortos saiu de Alagoas; motorista teria fugido

Ministro da Educação debate com entidades retorno das aulas presenciais

icon whatsapp
Receba as últimas notícias de João Pessoa em qualquer lugar. Começar